Entre o administrativo e as complicações políticas

A presidente Dilma Rousseff est no Recife para participar da entrega de dois conjuntos habitacionais, contudo, manteve uma conversa reservada, ontem, com o governador Eduardo Campos (PSB), para tratar da sucesso recifense e todos os seus imbrglios; anteriormente, a petista disse que no queria se envolver, mas parece que no teve como

Entre o administrativo e as complicações políticas
Entre o administrativo e as complicações políticas (Foto: Eduardo Braga/SEI)

Raphael Coutinho _PE247 – A presidente Dilma Rousseff (PT) já está no Recife. A petista chegou na noite de ontem (27), por volta das 19h30, e, na sequência, jantou na casa do governador Eduardo Campos (PSB), no bairro de Apipucos. O encontro foi reservado. Hoje (28), a chefe do Executivo nacional entrega, ao lado do socialista e do prefeito do Recife, João da Costa (PT), de 480 apartamentos em dois conjuntos habitacionais no bairro do Pina. Os edifícios, orçados em R$ 34,2 milhões, fazem parte de um pacote de intervenções ligadas à Via Mangue, importante obra viária da Zona Sul da cidade.

A previsão é que a entrega ocorra às 10h. As famílias beneficiadas foram retiradas das comunidades Beira-Rio e Pantanal. Cada apartamento tem 40 m². Além disso, ainda foram construídos um estacionamento, boxes comerciais, guarita, centro comunitário, campo de futebol, ruas e calçadas. A verba destinada para a construção dos apartamentos saiu do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

E é justamente por se tratar de uma obra do programa que foi o carro-chefe da campanha presidencial de Dilma, em 2010, que o prefeito João da Costa quer colher os louros políticos da ação. O petista recifense – que tem sido cada vez mais questionado pelos aliados – entende que o fato de apresentar a obra mais adiantada do PAC no País a sua idealizadora, a presidente, ele se cacifaria como um gestor capaz de realizar ações complexas. O que poderia garantir a Costa um apoio importante em sua luta pelo sucesso do seu projeto de reeleição.

No entanto, publicamente, o prefeito fez questão, na coletiva que adiantou os detalhes da obra e de sua entrega, de que o ato de hoje será apenas administrativo, sem cunho político. Pelo menos para o “grande público”, já que houve oportunidade, nos bastidores, para conversas reservadas sobre a sucessão recifense.

OBRA

Ao todo, 15.434 famílias serão beneficiadas após a finalização de todos os conjuntos do local. O valor total que está sendo investido para a urbanização da Via Mangue é de R$ 123,08 milhões. Do investimento feito, R$ 99,26 milhões são do Orçamento Geral da União e R$ 23,44 de contrapartida do município.

Além dos apartamentos, a presidente Dilma deverá assinar um convênio para a instalação, no local, de um Ponto de Atendimento do Microcrédito (PAM). O projeto tem o objetivo de conceder financiamentos individuais aos moradores dos conjuntos habitacionais. Os financiamentos variam de R$ 300 a R$ 15 mil, com prazo para pagamento de até 24 meses e juros de 0,64% ao mês.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247