Erro da produção tira 'Tropa de Elite 2' da disputa ao Globo de Ouro

Prmio da crtica estrangeira de Hollywood para os melhores filmes do ano exige que indicados tenham estreado at 14 meses do ano anterior entrega dos prmios; no o caso do filme de Jos Padilha

Erro da produção tira 'Tropa de Elite 2' da disputa ao Globo de Ouro
Erro da produção tira 'Tropa de Elite 2' da disputa ao Globo de Ouro (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

"Tropa de Elite 2" está fora da disputa ao Globo de Ouro 2011, cujos indicados serão divulgados em 15 de dezembro. O prêmio da crítica estrangeira de Hollywood para os melhores filmes do ano exige que os indicados a melhor produção estrangeira tenham estreado em seu país de origem até 14 meses (entre 1º de novembro e 31 de dezembro) do ano anterior à entrega dos prêmios. Como "Tropa 2" estreou no Brasil em outubro de 2010, o filme não pode, portanto, concorrer.

"A gente não tinha checado este detalhe, já tinha marcado até uma sessão para os votantes durante o feriado, mas acabamos pegos de surpresa por isso", comentou Marcos Prado, produtor de "Tropa 2". "É claro que o Globo de Ouro é uma vitrine muito interessante para que as pessoas possam assistir. Há muitos filmes bons estrangeiros, são 61 só este ano, que passam batidos. Mas nossa campanha para o Oscar segue."

De fato a desclassificação do Globo de Ouro não impede a corrida a uma vaga entre os cinco finalistas ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. "Para concorrer, o filme tem de ter estreado no País no ano anterior e ter sido indicado pela comissão de cada país na data prevista, o que ocorreu com o Tropa 2."

Prado também explica que, por regra, os candidatos a finalistas do Oscar Estrangeiro - que serão anunciados no dia 24 de janeiro - não precisam ter entrado em cartaz nos EUA. "Teríamos de estrear nos EUA se quiséssemos concorrer aos prêmios paralelos. Mas, para chamar atenção dos votantes, obviamente colocamos o filme em cartaz em circuito alternativo, em Nova York, onde fizemos sessões com debates e a presença do Padilha, e Los Angeles. O público foi super variado, não tinha só brasileiro."

O filme, que tem recebido boas críticas da imprensa americana, estreia em Los Angeles nesta sexta e em outras 25 cidades, incluindo Seattle, Chicago, Phoenix e Denver, a partir do dia 25.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email