Erro nos boxes arruína corrida de Felipe Massa no GP da China

"Infelizmente, foi outra corrida em que perdemos pontos importantes", disse Massa, que eventualmente cruzou a linha uma volta atrás do vitorioso Lewis Hamilton, em 15º lugar

Ferrari Formula One driver Felipe Massa of Brazil rests in his garage during the third practice session of the Japanese F1 Grand Prix at the Suzuka circuit October 12, 2013.     REUTERS/Issei Kato (JAPAN  - Tags: SPORT MOTORSPORT F1)
Ferrari Formula One driver Felipe Massa of Brazil rests in his garage during the third practice session of the Japanese F1 Grand Prix at the Suzuka circuit October 12, 2013. REUTERS/Issei Kato (JAPAN - Tags: SPORT MOTORSPORT F1) (Foto: Leonardo Attuch)

XANGAI, 20 Abr (Reuters) - Um frustrado Felipe Massa ficou remoendo um erro nos boxes da Williams que o deixou sem pontos no GP da China de Fórmula 1 neste domingo.

O brasileiro se classificou em sexto, seu melhor grid na temporada, e estava correndo no ritmo dos cinco primeiros colocados quando entrou nos boxes para colocar pneus novos no fim da décima volta.

No entanto, a confusão reinou nos boxes da Williams. Os mecânicos tentaram colocar os pneus errados, confundiram as duas rodas traseiras e deixaram Massa encalhado enquanto os seus rivais passavam.

O errou acabou com as esperanças de Massa de conquistar alguns pontos em Xangai, já que o piloto de 32 anos saiu do pitstop em último lugar.

"Infelizmente, foi outra corrida em que perdemos pontos importantes", disse Massa, que eventualmente cruzou a linha uma volta atrás do vitorioso Lewis Hamilton, em 15º lugar.

"Mas o que posso fazer? Precisamos entender tudo que acontece, quando é bom, quando é ruim, e tentar fazer melhor na próxima vez."

Rob Smedley, que se juntou à Williams recentemente para ser o novo chefe de desempenho, disse que a razão para o pitstop atrapalhado estava clara e que a equipe precisa implementar mudanças para evitar que isso aconteça novamente.

"O que levou a isso foi a ausência de um bom procedimento, de um bom processo para perceber coisas assim, para assegurar que coisas assim não aconteçam", disse Smedley, que foi o engenheiro de corrida de Massa na Ferrari.

"Temos que ser pragmáticos, honestos e muito claros com os outros dentro da equipe. Eu acho que isso é importante. É algo que estou ansioso para fazer na Williams, ser absolutamente transparente com todo mundo."

A Williams foi considerada uma potencial candidata ao título depois de mostrar um ritmo impressionante na pré-temporada.

Com 36 pontos em quatro corridas desta temporada, a escuderia melhorou bastante em relação aos cinco que acumulou em todo o ano de 2013, mas até agora não conseguiu cumprir o que prometeu na pré-temporada.

"Na primeira corrida, alguém me empurrou para fora, perdi muitos pontos", disse Massa, referindo-se ao GP da Austrália, quando Kamui Kobayashi, da Caterham, acertou a traseira da sua Williams.

"Na última corrida, eu estava brigando pelo terceiro, quarto lugar, e depois do safety car terminei em sétimo, então perdi alguns pontos. E nessa corrida, houve outro problema que me fez perder pontos."

"Então, certamente, estou frustrado pelo o que aconteceu em tantas corridas. Eu espero que isso não aconteça mais e espero que possamos fazer corridas consistentes daqui para frente."

(Reportagem de Abhishek Takle)

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247