Esquadrão de Aço dá 3 a 1 no Santos, de virada

Bahia quebra tabu de onze anos e bate o 'todo-poderoso' Santos de Neymar na Vila Belmiro; com resultado desta noite, o tricolor vai aos 20 pontos na 16ª colocação, abre quatro pontos de vantagem do Palmeiras (primeiro no Z-4) e respira no Brasileirão

Esquadrão de Aço dá 3 a 1 no Santos, de virada
Esquadrão de Aço dá 3 a 1 no Santos, de virada (Foto: Agência Estado)

Bahia 247

O jogo tinha tudo para ser um massacre do 'auto suficiente' Santos do pop star Neymar contra o cabisbaixo Bahia, que vem lutando contra a zona de rebaixamento. Mas o Tricolor de Aço reagiu e abateu o Peixe por 3 a 1. Com o resultado, a equipe baiana alcança os 20 pontos, na 16ª colocação, e fica quatro pontos à frente do Palmeiras, que perdeu por 3 a 0 para a Portuguesa também na noite desta quarta-feira (29).

Na primeira etapa, justiça seja feita, só deu o time do litoral paulista e, logo aos 14 minutos, Neymar levantou a bola na área para a cabeçada certeira de André. 1 a 0 para o Peixe. O time paulista tomou mesmo o fôlego do Bahia e foi só pressão.

Logo depois do gol, aos 17, Ganso chutou torto, de dentro da grande área, sem marcação. A sorte do Esquadrão foi a falta de qualidade no ataque do Santos. Neymar chutava sem direção,
jogava pela direita completamente sem marcação. Aos 37 minutos deixou André na cara do gol. Era apenas André ele e o goleiro. O atacante chutou por cima da meta adversária.

No primeiro tempo, o Bahia só assustou o goleiro Rafael com um chute forte de Hélder de fora da área, que bateu no travessão. E ficou nisso o primeiro tempo.

Mas, para surpresa de todos (mais ainda dos baianos), eis que sai do vestiário para a segunda etapa um novo time. Era o Bahia do jeito que a 'Nação Tricolor' gosta, o Bahia que leva seus torcedores loucos de amor ao delírio.

Logo aos 3 minutos, Gabriel avançou pela direita e cruzou para Souza, que perdeu a melhor oportunidade do jogo àquela altura. Do outro lado, um Santos que se achava dono do jogo, com Neymar, Ganso e Cia. dando mostras de que estava tudo tranquilo, de que a partida estava no papo.

Mas tudo mudou aos 14 minutos. Neto cruzou milimetricamente para Souza, que, desta vez, não desperdiçou. 1 a 1. O Caveirão levava os baianos à loucura.

E daí em diante só deu Bahia. O Esquadrão foi para cima, com qualidade. Enquanto a tímida torcida nordestina comemorava o empate na Vila, Neto cobrou falta quatro minutos depois e fez o que parecia improvável para os paulistas. Era a virada. 2 a 1 para o Bahia, na cobrança de falta perfeita de Neto.

Somente aos 26 o Peixe chegou à área do Bahia com algum risco, uma vez com Ganso e duas vezes com Durval.

Mas o Bahia não se intimidou. A noite era sua. Dois minutos depois do ataque santista
Mancini avançou pela esquerda, cruzou para o meio e lá estava Gabriel. 3 a 1 para a Máquina de Aço.

Daí para frente, o Santos, que não acreditava no triunfo do tricolor baiano, ficou completamente desnorteado em campo. E ficou por aí.

O Bahia pega o São Paulo em Pituaçu às 16h do próximo domingo (2) no jogo que pode ser o primeiro triunfo dentro de casa.

Ficha técnica

Santos 1 x 3 Bahia - 20ª rodada - Campeonato Brasileiro Série A

Data: 29/8/2012, 19h30

Local: Vila Belmiro

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ) e Rodrigo Henrique Corrêa (RJ)

Santos: Rafael, Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Juan; Adriano (Bil), Arouca e Ganso; Patito (Felipe), Neymar e André (Vitor Andrade). Técnico - Muriciy Ramalho.

Bahia: Omar, Neto, Danny morais, Titi e Jussandro; Fahel, Diones, Helder (Mancini) e Gabriel; Zé Roberto (Caio) e Souza (Lucas Fonseca). Técnico - Eduardo Barroca (interino)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247