Estradas cheias e 22 mortes em Minas no feriado prolongado

Saldo do 1 de Maio numa tera-feira foi, inicialmente, de grandes congestionamentos nas rodovias federais no sbado. Depois, segundo a Polcia Rodoviria Federal, o destaque negativo foram os acidentes, que acabaram com mais de duas dezenas de mortos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - O drama para o mineiro que aproveitou o feriado prolongado para viajar começou no sábado. As duas principais rodovias do estado, a BR-040 e a BR-381, enfrentaram congestionamentos muito fortes na manhã e no sábado. Em alguns momentos, o motorista chegou a enfrentar filas de veículos de até 10 quilômetros. Na 381 o trânsito ficou interditado por três horas.

Nesta quarta-feira, a Polícia Rodoviária Federal divulgou a segunda parte do balanço do feriado de 1º de maio nas estradas que servem Minas Gerais. Foram 22 mortes derivadas de acidentes. Os dados são de 27 de abril a 1º de maio e mostram 393 acidentes no total, a maioria no primeiro e último dia da operação da PRF - o que é natural, dado que foram os dias em que a maioria das pessoas viajaram.

O acidente mais grave foi segunda-feira, dia 30, quando quatro pessoas morreram em uma batida com caminhão, carreta e um automóvel na BR-153, em Frutal, no Triângulo Mineiro. Segundo os policiais, a pista molhada, devido à chuva, contribuiu com o acidente.

Quanto aos testes de bafômetro no período, 1.752 motoristas foram levados a fazê-lo nas estradas mineiras. Desses, 53 foram autuados e outros 19, presos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247