Estudantes fazem “beijaço LGBT” contra Bolsonaro em BH

Embalados por Pabblo Vittar e Anitta, estudantes fizeram um 'beijaço LGBT' em protesto contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na Universidade Fumec, no bairro Cruzeiro, região Centro-Sul de Belo Horizonte, onde o presidenciável considerado homofóbico fez uma palestra nesta sexta-feira; com faixas chamando o parlamentar de machista, racista e homofóbico, um grupo de aproximadamente 50 pessoas mostrou seu repúdio aos seus posicionamentos controversos

Embalados por Pabblo Vittar e Anitta, estudantes fizeram um 'beijaço LGBT' em protesto contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na Universidade Fumec, no bairro Cruzeiro, região Centro-Sul de Belo Horizonte, onde o presidenciável considerado homofóbico fez uma palestra nesta sexta-feira; com faixas chamando o parlamentar de machista, racista e homofóbico, um grupo de aproximadamente 50 pessoas mostrou seu repúdio aos seus posicionamentos controversos
Embalados por Pabblo Vittar e Anitta, estudantes fizeram um 'beijaço LGBT' em protesto contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na Universidade Fumec, no bairro Cruzeiro, região Centro-Sul de Belo Horizonte, onde o presidenciável considerado homofóbico fez uma palestra nesta sexta-feira; com faixas chamando o parlamentar de machista, racista e homofóbico, um grupo de aproximadamente 50 pessoas mostrou seu repúdio aos seus posicionamentos controversos (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) foi alvo de vários protestos em sua passagem por Belo Horizonte nesta sexta-feira (15). Em uníssono, os manifestantes gritavam 'fora, Bolsonaro'. Estudantes fizeram um 'beijaço LGBT' na Universidade Fumec, no bairro Cruzeiro, região Centro-Sul de Belo Horizonte, onde o presidenciável considerado homofóbico fez uma palestra.

Com faixas chamando o parlamentar de machista, racista e homofóbico, um grupo de aproximadamente 50 pessoas mostrou seu repúdio aos seus posicionamentos controversos. Bolsonaro passou no meio do protesto antes de chegar ao auditório.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247