Estudantes protestam contra o golpe na UFC

O jardim da Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC) foi ocupado, na manhã desta quinta-feira (28), por estudantes e professores que promoveram um aulão democrático para debater as conjunturas do golpe em curso. Na tarde de hoje, o Instituto Federal do Ceará (IFCE) recebe também uma série de atividades

O jardim da Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC) foi ocupado, na manhã desta quinta-feira (28), por estudantes e professores que promoveram um aulão democrático para debater as conjunturas do golpe em curso. Na tarde de hoje, o Instituto Federal do Ceará (IFCE) recebe também uma série de atividades
O jardim da Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC) foi ocupado, na manhã desta quinta-feira (28), por estudantes e professores que promoveram um aulão democrático para debater as conjunturas do golpe em curso. Na tarde de hoje, o Instituto Federal do Ceará (IFCE) recebe também uma série de atividades (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará247 - Estudantes e professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) ocuparam na manhã desta quinta-feira (28) o jardim da Reitoria, promovendo um aulão democrático. A ação foi chamada pelos estudantes com o objetivo de debater e trazer as conjunturas atuais sobre o golpe em curso.

A ação faz parte do calendário nacional de manifestações da União Nacional dos Estudantes (UNE), que acontece simultaneamente em diversas cidades do País. Mais de 65 atos estão confirmados em instituições de ensino e em seus entornos, de acordo com a UNE. 

Ainda na tarde de hoje, estudantes irão promover uma série de atividades no Instituto Federal do Ceará (IFCE). A partir das 13h acontece a recepção aos estudantes e cortejo nas salas da instituição. Das 15h às 16h30 serão realizadas uma oficina de cartazes e intervenção cultural. Às 17h, o protesto será encerrado com bandeiraço em defesa da democracia.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email