Ex-deputado Beto Albuquerque articula pré-candidatura à Presidência

O ex-deputado federal Beto Albuquerque, vice de Marina Silva (Rede) na eleição presidencial de 2014, articula nos bastidores sua pré-candidatura ao Planalto em 2018 pelo PSB; ainda sem o apoio dos principais dirigentes do partido, Albuquerque se movimenta no momento com o objetivo de viabilizar-se internamente entre os correligionários; pretensão esbarra nos planos de parte do PSB, sobretudo o diretório paulista, que defende uma aliança nacional com o PSDB

Ex-deputado federal Beto Albuquerque
Ex-deputado federal Beto Albuquerque (Foto: Giuliana Miranda)

Rio Grande do Sul 247 - O ex-deputado federal Beto Albuquerque, vice de Marina Silva (Rede) na eleição presidencial de 2014,articula nos bastidores sua pré-candidatura ao Planalto em 2018 pelo PSB. Ainda sem o apoio dos principais dirigentes do partido, Albuquerque se movimenta no momento com o objetivo de viabilizar-se internamente entre os correligionários.

As informações são do Valor. 

"Até porque sua pretensão esbarra nos planos de parte do PSB, sobretudo o diretório paulista, que defende uma aliança nacional com o PSDB do governador Geraldo Alckmin em troca do apoio do tucano a uma candidatura do vice-governador Márcio França (PSB) ao Palácio dos Bandeirantes daqui a dois anos.

Por ora, Beto Albuquerque não assume oficialmente a pré-candidatura. "Não estou fazendo nada a meu favor, mas se o partido me der essa missão, vou em frente", diz. O ex-deputado, porém, advoga pela tese de candidatura própria ao ressaltar que o PSB teve a terceira melhor votação no país nas eleições de 2016 (8,4 milhões de votos).

"Não ter candidato a presidente seria um retrocesso e um sinal de burrice, já que representaria abrir mão do patrimônio político conquistado nas urnas. Deixaríamos de ser protagonistas em 2018 e perderíamos a oportunidade de se mostrar, apresentar propostas e produzir novas lideranças, afirma Beto Albuquerque."

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247