Ex-prefeito de Brumado é o vice de Lídice

Eduardo Vasconcelos (D) disputava a indicação com o vereador de Salvador Sílvio Humberto (PSB) e seria uma estratégia do partido, já que o ex-gestor municipal transmite uma imagem mais municipalista, de político do interior do estado, mas precisamente da região sudoeste; a única coisa que poderia mudar o rumo da chapa é se um grande nome de outro partido aceitasse andar ao lado de Lídice. Mas, conforme a própria postulante, nem o PSL e nem o PPL têm pretensões de indicar um nome

Eduardo Vasconcelos (D) disputava a indicação com o vereador de Salvador Sílvio Humberto (PSB) e seria uma estratégia do partido, já que o ex-gestor municipal transmite uma imagem mais municipalista, de político do interior do estado, mas precisamente da região sudoeste; a única coisa que poderia mudar o rumo da chapa é se um grande nome de outro partido aceitasse andar ao lado de Lídice. Mas, conforme a própria postulante, nem o PSL e nem o PPL têm pretensões de indicar um nome
Eduardo Vasconcelos (D) disputava a indicação com o vereador de Salvador Sílvio Humberto (PSB) e seria uma estratégia do partido, já que o ex-gestor municipal transmite uma imagem mais municipalista, de político do interior do estado, mas precisamente da região sudoeste; a única coisa que poderia mudar o rumo da chapa é se um grande nome de outro partido aceitasse andar ao lado de Lídice. Mas, conforme a própria postulante, nem o PSL e nem o PPL têm pretensões de indicar um nome (Foto: Aquiles Lins)

Bahia 247 - A vaga de vice-governador na chapa da senadora Lídice da Mata (PSB) está nas mãos do ex-prefeito de Brumado, Eduardo Vasconcelos. A escolha de Vasconcelos, que disputava a indicação com o vereador de Salvador Sílvio Humberto (PSB), seria uma estratégia do partido, já que o ex-gestor municipal transmite uma imagem mais municipalista, de político do interior do estado, mas precisamente da região sudoeste. 

Sílvio Humberto tem importância no movimento negro, mas é restrito a Salvador e, por conta disso, na chapa puro sangue peessebista, Vasconcelos ganhou a preferência e aparecerá ao lado de Lídice e da pré-candidata ao Senado, a ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça, Eliana Calmon. A única coisa que poderia mudar o rumo da chapa é se um grande nome de outro partido aceitasse andar ao lado de Lídice. Mas, conforme a própria postulante, nem o PSL e nem o PPL têm pretensões de indicar um nome.

"Essa semana vamos compor o conselhiro político, decidir a chapa e preparar a convenção do dia 14 de junho para receber Marina e Eduardo", afirmou Lídice ao Bocão News. A convenção estadual do partido que sacramentará o nome de Lídice e Vasconcelos está marcada para o próximo dia 14 de junho.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247