Ex-prefeito tem prisão temporária prorrogada

O ex-prefeito de Traipú, Marcos Santos, teve a sua prisão temporária prorrogada por mais 30 dias. A decisão foi do juiz Alberto Almeida, que atendeu a solicitação do Ministério Público. Marcos Santos é acusado de particpação no assassinato do ex-secretário de Turismo e Eventos do município, José Valter.

O ex-prefeito de Traipú, Marcos Santos, teve a sua prisão temporária prorrogada por mais 30 dias. A decisão foi do juiz Alberto Almeida, que atendeu a solicitação do Ministério Público. Marcos Santos é acusado de particpação no assassinato do ex-secretário de Turismo e Eventos do município, José Valter.
O ex-prefeito de Traipú, Marcos Santos, teve a sua prisão temporária prorrogada por mais 30 dias. A decisão foi do juiz Alberto Almeida, que atendeu a solicitação do Ministério Público. Marcos Santos é acusado de particpação no assassinato do ex-secretário de Turismo e Eventos do município, José Valter. (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Alagoas247 - O juiz da comarca de Traipú, Alberto de Almeida, prorrogou por mais 30 dias as prisões temporárias dos acusados de envolvimento na morte do ex-secretário de Turismo e Eventos de Traipú, José Valter, mais conhecido como 'Valtão'. Marcos Antônio dos Santos, ex-prefeito daquele município, e Alexsandro Guimarães, cujo apelido é 'Sandro Careca', ficarão por mais um mês detidos no sistema penitenciário de Alagoas. A prorrogação das prisões foi solicitada pelo grupo de promotores de Justiça que atua no caso, já que - segundo o Ministério Público Estadual (MPE/AL) - ainda existem diligências a serem realizadas.

A decisão do magistrado foi comunicada ao Ministério Público na tarde desta quarta-feira (21). O réu confesso no caso, Erivan Alves dos Santos, está com prisão preventiva decretada pelo mesmo magistrado, portanto, não há data estabelecida para a sua soltura. Diante das diligências, o juiz Alberto de Almeida marcou para o dia 23 de setembro, no Fórum de Traipu, a primeira audiência de instrução relativa à ação penal. De acordo com o MPE, os promotores que atuam nas investigações não falam sobre o assunto. 

O ex-secretário municipal de Turismo e Eventos de Traipu, José Valter Matos Palmeira, foi assassinado na madrugada do dia 15 de maio de 2011, dentro da garagem da residência onde morava, na Rua Monsenhor Medeiros, no centro da cidade. "Valtão", como era mais conhecido, foi atingido por dois tiros de pistola 380, na região da cabeça. O ex-prefeito do município, Marcos Santos, foi detido sob suspeita de autoria intelectual do homicídio.

Com gazetaweb.com

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email