Facebook corta laços com corretores de dados em golpe para anúncios direcionados

O Facebook se recusou a comentar sobre como a mudança poderia afetar sua receita publicitária.

Facebook corta laços com corretores de dados em golpe para anúncios direcionados
Facebook corta laços com corretores de dados em golpe para anúncios direcionados

(Reuters) - O Facebook informou que vai encerrar suas parcerias com vários grandes corretores de dados que ajudam anunciantes a traçar perfis das pessoas na rede social, em um movimento após o escândalo sobre como Facebook trata as informações pessoais dos usuários.

A maior empresa de mídia social do mundo está sob pressão para melhorar o manejo de dados depois de divulgar que cerca de 50 milhões de usuários do Facebook acabaram erroneamente nas mãos da consultoria política Cambridge Analytica.

O Facebook ajustou as configurações de privacidade em seu serviço nesta quarta-feira, dando aos usuários controle sobre suas informações pessoais em menos etapas.

O Facebook há anos oferece aos anunciantes a opção de segmentar seus anúncios com base em dados coletados por empresas como a Acxiom e a Experian.

A ferramenta tem sido amplamente utilizada entre certas categorias de anunciantes - como montadoras, fabricantes de artigos de luxo e empresas de bens de consumo - que não vendem diretamente aos consumidores e têm relativamente pouca informação sobre quem são seus clientes, segundo o Facebook.

“Embora essa seja uma prática comum na indústria, acreditamos que esse passo ... ajudará a melhorar a privacidade das pessoas no Facebook”, disse Graham Mudd, diretor de marketing de produtos do Facebook, em comunicado, na quarta-feira.

O Facebook se recusou a comentar sobre como a mudança poderia afetar sua receita publicitária.

Os anunciantes ainda poderão usar serviços de dados de terceiros para medir o desempenho de seus anúncios examinando dados de compra, disse o Facebook.

Por David Ingram e Julia Fioretti

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247