Falta um degrau, melhor, um ponto para a Série A

Mesmo com um jogador a mais, Nutico empata com o So Caetano e permanece fora da Srie A do Campeonato Brasileiro.

Falta um degrau, melhor, um ponto para a Série A
Falta um degrau, melhor, um ponto para a Série A (Foto: Arte)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Julliana Araújo_247 - Apenas um ponto separa o Náutico da Série A do Brasileirão. O Timbu, empatou com o São Caetano em 0 X0 e o resultado é que matematicamente os alvirrubros pernambucanos ainda dependem dos próximos jogos para confirmarem o acesso á elite do futebol brasileiro.

O Timbu fez um jogo apático, sem muitas emoções e ainda não garantiu o acesso à Série A. Apesar disso, a torcida comemora o resultado, o time precisa de um empate para a classificação. Com um homem a menos em campo, o São Caetano – que caiu para a 16ª colocação e está à beira do rebaixamento -, não se intimidou, e foi para cima da equipe adversária. Em contrapartida, o time pernambucano não soube aproveitar a vantagem de estar com a equipe completa e perdeu várias chances de gol.

No primeiro tempo, o Náutico mostrou certa pressão logo após a expulsão do lateral Artur, do São Caetano, mas não conseguir abrir vantagem contra o time paulista. O jogo manteve equilibrado durante os primeiros 45 minutos. Apesar de contar com um homem a mais, o Timbu recuou e abriu o jogo para o time paulista. O lateral Artur levou o cartão amarelo, aos 27 minutos do primeiro tempo, por fazer falta contra Elicarlos. Reclamou com o juiz devido à decisão e foi expulso do jogo.

Em seguida, Eduardo Ramos bateu falta e Diego Bispo desvia de cabeça, acertando em cheio o travessão. O São Caetano perdeu também a chance de fazer gol no primeiro tempo. Geovane cruzou na área e Domingos, a bola bateu na trave e correu para Preto Costa que acertou em cheio o travessão. A grande falha do São Caetano foi escolher apenas a frente de zaga para dar a ritmo ao seu jogo, que em alguns momentos, mostrou-se superior ao todo time do Náutico. O Náutico tentou algumas saídas pelos lados, mas não conseguiu finalizar as jogadas.

O próprio técnico do Náutico, Waldemar lemos, reconheceu, após o término da partida, que o time sob seu comando não fez uma boa atuação. Para Lemos, o maior objetivo era não perder fora de casa e somar pontos. O raciocínio do técnico foi corroborado pelo capitão e volante Éverton e pelo atacante Kieza.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email