Famílias desabrigadas passam a noite em praça. Iris fala em “anarquia”

O grupo de pessoas que foi retirado de uma área da prefeitura de Goiânia, no Parque Atheneu, está dormindo de forma improvisada numa praça em frente ao local que haviam invadido; na terça-feira, máquinas da prefeitura destruíram os casebres e homens da Guarda Municipal retiraram as pessoas que ocupavam a área; prefeitura afirma que as famílias estão inscritas num programa de habitação e precisam esperar por nova moradias; "Nenhum homem na administração pública deste país preocupou com a moradia para as classes menos favorecidas mais do que eu. Mas eu não aceito anarquia nessa área. Se eu sou construtor de casas, vou construir casas. Por que vou aceitar invasão? Tumultuar a vida da cidade? Não", disse o prefeito Iris Rezende ao comentar o episódio

O grupo de pessoas que foi retirado de uma área da prefeitura de Goiânia, no Parque Atheneu, está dormindo de forma improvisada numa praça em frente ao local que haviam invadido; na terça-feira, máquinas da prefeitura destruíram os casebres e homens da Guarda Municipal retiraram as pessoas que ocupavam a área; prefeitura afirma que as famílias estão inscritas num programa de habitação e precisam esperar por nova moradias; "Nenhum homem na administração pública deste país preocupou com a moradia para as classes menos favorecidas mais do que eu. Mas eu não aceito anarquia nessa área. Se eu sou construtor de casas, vou construir casas. Por que vou aceitar invasão? Tumultuar a vida da cidade? Não", disse o prefeito Iris Rezende ao comentar o episódio
O grupo de pessoas que foi retirado de uma área da prefeitura de Goiânia, no Parque Atheneu, está dormindo de forma improvisada numa praça em frente ao local que haviam invadido; na terça-feira, máquinas da prefeitura destruíram os casebres e homens da Guarda Municipal retiraram as pessoas que ocupavam a área; prefeitura afirma que as famílias estão inscritas num programa de habitação e precisam esperar por nova moradias; "Nenhum homem na administração pública deste país preocupou com a moradia para as classes menos favorecidas mais do que eu. Mas eu não aceito anarquia nessa área. Se eu sou construtor de casas, vou construir casas. Por que vou aceitar invasão? Tumultuar a vida da cidade? Não", disse o prefeito Iris Rezende ao comentar o episódio (Foto: José Barbacena)

247 - O grupo de pessoas que foi retirado de uma área da prefeitura de Goiânia, no Parque Atheneu, está dormindo de forma improvisada numa praça em frente ao local que haviam invadido. Na terça-feira, máquinas da prefeitura destruíram os casebres e homens da Guarda Municipal retiraram as pessoas que ocupavam a área. 

A prefeitura de Goiânia afirma que as famílias estão inscritas num programa de habitação e precisam esperar por nova moradias. Nesta quinta-feira, ao comentar o despejo das famílias, o prefeito Iris Rezende (PMDB) falou em "anarquia".

“Nenhum homem na administração pública deste país preocupou com a moradia para as classes menos favorecidas mais do que eu. Em nenhuma parte deste país, nenhuma pessoa se preocupou em dignificar as famílias com uma casinha própria, mas eu não aceito anarquia nessa área. Se eu sou construtor de casas, vou construir casas. Por que vou aceitar invasão? Tumultuar a vida da cidade? Não. De forma que assumi a Prefeitura e disse que cada um volte para onde estava e espere o tempo certo que a casa própria virá para todos”.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247