Feirão da Casa Própria movimenta quase R$ 900 milhões

8 Feiro Caixa da Casa Prpria recebeu cerca de 46 mil pessoas em Belo Horizonte, Braslia, Recife, Rio de Janeiro e Salvador

Feirão da Casa Própria movimenta quase R$ 900 milhões
Feirão da Casa Própria movimenta quase R$ 900 milhões (Foto: Valter Campanato/AGÊNCIA BRASIL)

Agência Brasil - O 8º Feirão Caixa da Casa Própria recebeu cerca de 46 mil pessoas e movimentou mais de R$ 886 milhões, somente no primeiro dia do evento, que começou ontem (4) e termina amanhã (6), em cinco cidades - Belo Horizonte, Brasília, Recife, o Rio de Janeiro e Salvador.

Somente em Brasília, ontem o número de visitantes chegou a 6.929 e hoje (5), até as 14h, 6.367 pessoas passaram pelo Centro de Convenções Ulysses Guimarães. A expectativa da Caixa é receber maior número de visitantes no último dia do evento. No ano passado, no total, 41 mil pessoas foram ao feirão, na capital federal.

Nos 15 mil metros quadrados da área do feirão, os visitantes nem precisam procurar vendedores de casas e apartamentos. Eles estão por toda parte, sempre com folhetos nas mãos sobre os imóveis oferecidos no evento, que totalizam 15 mil.

A corretora Elienai Pinho, 42 anos, conta que no feirão consegue fazer mais contatos com novos clientes. “É uma oportunidade tanto para nós corretores quanto para os clientes encontrarem investimentos. Aqui podemos captar clientes para fazer bons negócios”, disse.

O bancário Abdias Junior Ribeiro, 33 anos, acompanhado da mulher e da filha, passou horas no feirão procurando uma casa para a família, que atualmente mora de aluguel. “Vim pesquisar e tirar dúvidas”, contou o bancário. Agora, com os contatos que fez, ele pretende fechar negócios na próxima semana, “com mais tranquilidade”.

A servidora pública Ana Cláudia Trindade, 41 anos, e o marido, o bombeiro Ricardo Pereira de Souza, 40 anos, disseram que andaram bastante pelo feirão para conhecer os imóveis e entender melhor sobre o financiamento imobiliário. Mas eles reclamaram que, com a renda do casal, não conseguiram imóvel do Programa Minha Casa, Minha Vida. “A nossa renda não é alta, mas a gente não tem FGTS [Fundo de Garantia do Tempo de Serviço], subsídio, nada”, enfatizou Ana Cláudia.

A pedagoga Célia Alves reclamou que por ter 59 anos não conseguiu financiar um imóvel, mesmo com entrada de R$ 200 mil. “O financiamento não é para todo mundo. Não consegui por causa da idade”, disse.

Já a costureira Edite Alice Fernandes, 60 anos, saiu do feirão esperançosa de conseguir comprar um apartamento de dois quartos. “Fiz uma simulação, conversei com corretores. Agora vamos ver se vai dar certo”, destacou.

Depois das cinco primeiras cidades, o feirão será realizado entre os dias 18 e 20 de maio, em Curitiba, Fortaleza e São Paulo. De 25 a 27 deste mês, o evento ocorrerá em Uberlândia, Campinas e Porto Alegre. As últimas cidades serão Belém e Florianópolis, entre os dias 8 e 10 de junho.

No total, serão oferecidos 430 mil imóveis novos, usados e na planta. As linhas de financiamento para a casa própria da Caixa Econômica Federal têm prazo de pagamento de até 30 anos. Os juros podem variar de 4,6% até 9% ao ano. O financiamento pode ser até 100% do valor do imóvel.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247