FHC sai em defesa de Dilma contra grevistas

Para o ex-presidente tucano, a postura da presidente, de resistir às reivindicações, se justifica perante o "momento de dificuldade financeira e fiscal"; segundo ele, os funcionários federais "se habituaram no governo Lula, que tinha mais folga (no orçamento), a receber aumentos"

FHC sai em defesa de Dilma contra grevistas
FHC sai em defesa de Dilma contra grevistas (Foto: Edição/247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente Dilma Rousseff recebeu o apoio do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em sua posição de resistência às reivindicações dos servidores federais em greve. "A presidente Dilma está num momento de dificuldade financeira e fiscal e muita pressão dos funcionários que se habituaram no governo Lula, que tinha mais folga (no orçamento), a receber aumentos", disse o ex-presidente após participar do Seminário Internacional em Busca da Excelência, em São Paulo.

"Não vejo como ela não pudesse enrijecer", defendeu FHC. E não foi apenas o tucano que saiu em defesa da presidente nesta terça-feira. Para o presidente da Fiat Brasil, Cledorvino Belini, os funcionários públicos viram a chance de impor sua agenda de reivindicações na redução de juros. "Os funcionários públicos perceberam um espaço no orçamento e eles querem conquistar esse espaço, até de forma abusiva", criticou. Para o empresário Jorge Gerdau Johannpeter, o debate em torno das paralisações das categorias federais virou "uma guerra de reivindicação".

Reunião promovida nesta terça-feira pelo Ministério do Planejamento com a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) não chegou a consenso e novo encontro foi marcado para sexta-feira.  

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email