Flamengo e Figueirense dão adeus ao título

Com direito a vaias da torcida, time rubro-negro saiu de campo no zero a zero. Desempenho complica a equipe na briga pela Libertadores

Flamengo e Figueirense dão adeus ao título
Flamengo e Figueirense dão adeus ao título (Foto: VIPCOMM)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Flamengo não conseguiu superar o Figueirense nesta quinta à noite, no Engenhão, mas, ainda assim, conseguiu voltar à zona de classificação para a Copa Libertadores. Com o empate sem gols com a equipe de Santa Catarina, somou 56 pontos, superou o Botafogo e passou a ocupar a quinta posição do Campeonato Brasileiro. Melhor para o Figueirense, que se manteve em quarto, com 57 pontos.

Ao fim do jogo, a torcida rubro-negra chamou o time de "sem vergonha", frustrada com o resultado que faz o Flamengo dar adeus às chances de título e complicou a equipe na briga pela Libertadores. Já os torcedores do Figueirense pouco têm a reclamar: os catarinenses completaram 14 jogos sem derrota. O porém é que a equipe poderia ter vencido a sétima seguida no Brasileiro se Aloisio não cobrasse de forma tão displicente pênalti no segundo tempo da partida. O goleiro Paulo Victor defendeu sem dificuldade a finalização do atacante.

No mais o que se viu foi um Flamengo desordenado, com atuação apagada de Ronaldinho Gaúcho. Ele errou a maioria dos passes, não teve sucesso nos dribles e nas arrancadas. Acabou vaiado pela torcida. Thiago Neves também não esteve numa noite inspirada e deixou a desejar.

Já o time visitante, bem armado, deu trabalho nos contra-ataques e segue firme rumo a uma vaga na Libertadores. Por pouco, não chegou à vitória.

Mais cauteloso no início, o Figueirense suportou a pressão inicial do Flamengo e, com 15 minutos de jogo, se livrou de duas situações de perigo. Em ambas, o goleiro Wilson se destacou e evitou o gol. Depois, teve o pênalti a seu favor e não o converteu.

FICHA TÉCNICA:

Flamengo 0 x 0 Figueirense

Flamengo - Paulo Victor; Leonardo Moura, Alex Silva, David Braz e Júnior César; Airton (Muralha), Willians, Renato (Thomás) e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid (Jael). Técnico - Vanderlei Luxemburgo.

Figueirense - Wilson; Bruno, Édson Silva, Roger Carvalho e Juninho; Ygor, Túlio (Jonatas), Coutinho e Elias (Fernandes); Wellington Nem e Júlio César (Aloísio). Técnico - Jorginho.

Árbitro - Evandro Rogério Roman (Fifa-PR).

Cartões amarelos - Ygor, David Braz e Paulo Victor.

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Engenhão.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email