CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

“Foi um erro aceitar a abertura” da Copa, admite vice do Corinthians

Luís Paulo Rosenberg, um dos principais idealizadores do Itaquerão, disse que o clube só ficou com uma conta maior para pagar e não leva vantagem com o Mundial; "Continuo achando que abertura deveria ser no Morumbi. Porque já estava lá. Quem disse que o Brasil tem que fazer a abertura no estádio mais moderno do mundo? Não precisa", afirmou, em entrevista ao Blog do Perrone

Imagem Thumbnail
Luís Paulo Rosenberg, um dos principais idealizadores do Itaquerão, disse que o clube só ficou com uma conta maior para pagar e não leva vantagem com o Mundial; "Continuo achando que abertura deveria ser no Morumbi. Porque já estava lá. Quem disse que o Brasil tem que fazer a abertura no estádio mais moderno do mundo? Não precisa", afirmou, em entrevista ao Blog do Perrone (Foto: Gisele Federicce)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O vice-presidente do Corinthians e um dos idealizadores da arena do clube, chamada de Itaquerão, admitiu ter sido um erro aceitar realizar o jogo de abertura da Copa do Mundo, em 12 de junho. O estádio deverá ser entregue com diversas obras inacabadas, como carpetes e iluminação nas áreas VIPs e na área comercial.

"Foi um erro aceitar a abertura. Continuo achando que abertura deveria ser no Morumbi. O governador deveria ter dito: 'aqui não é a casa da mãe Joana que a Fifa vem dizer que um estádio desse tamanho, com R$ 250 milhões de reforma que o São Paulo queria fazer, não serve para a abertura da Copa'. Acho absurdo", disse ele, em entrevista ao Blog do Perrone, do UOL.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Questionado sobre o motivo de se fazer a abertura no estádio do São Paulo, o dirigente respondeu:"Porque já estava lá. Quem disse que o Brasil tem que fazer a abertura no estádio mais moderno do mundo? Não precisa. Por que não pode ser no Morumbi? Como economista digo que a solução mais racional seria a abertura no Morumbi, e o Pacaembu ficar por 30 anos com o Corinthians, que bancaria a modernização, faria a restauração do patrimônio histórico dele".

Aparentemente decepcionado, continuou a expor as desvantagens do clube: "Eu só me ferro, se pudesse receber o estádio hoje, prontinho, gerando receita, seriam cinco meses a mais de receita que eu teria. Não tem vantagem nenhuma pro clube ser estádio de abertura de Copa. É só pentelhação e aumento de gasto".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Leia aqui a íntegra da entrevista.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO