Foragido, prefeito de Embu pode ser preso na cerimônia de posse

O presidente em exercício da Câmara Municipal de Embu das Artes, Carlos Alberto da Silva Noia, convocou os vereadores para sessão extraordinária a ser realizada nesta quarta-feira para dar posse ao prefeito e vice-prefeito da cidade; Ney Santos foi diplomado por procuração, já que é considerado fugitivo da Justiça; Santos é considerado foragido desde a deflagração da Operação Xibalba, no dia 9 de dezembro, quando foram cumpridos 49 mandados de busca e cumpridos 14 mandados de prisão preventiva

O presidente em exercício da Câmara Municipal de Embu das Artes, Carlos Alberto da Silva Noia, convocou os vereadores para sessão extraordinária a ser realizada nesta quarta-feira para dar posse ao prefeito e vice-prefeito da cidade; Ney Santos foi diplomado por procuração, já que é considerado fugitivo da Justiça; Santos é considerado foragido desde a deflagração da Operação Xibalba, no dia 9 de dezembro, quando foram cumpridos 49 mandados de busca e cumpridos 14 mandados de prisão preventiva
O presidente em exercício da Câmara Municipal de Embu das Artes, Carlos Alberto da Silva Noia, convocou os vereadores para sessão extraordinária a ser realizada nesta quarta-feira para dar posse ao prefeito e vice-prefeito da cidade; Ney Santos foi diplomado por procuração, já que é considerado fugitivo da Justiça; Santos é considerado foragido desde a deflagração da Operação Xibalba, no dia 9 de dezembro, quando foram cumpridos 49 mandados de busca e cumpridos 14 mandados de prisão preventiva (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - O presidente em exercício da Câmara Municipal de Embu das Artes, Carlos Alberto da Silva Noia, convocou todos os vereadores para uma sessão extraordinária a ser realizada nesta quarta-feira, às 10h, para dar posse ao prefeito e vice-prefeito da cidade. Ney Santos foi diplomado por procuração, já que é considerado fugitivo da Justiça.

O juiz Napoleão Maia, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em exercício, concedeu mandado de segurança que revoga a liminar que impedia Claudinei Alves dos Santos de assumir a Prefeitura de Embu das Artes.

Ney Santos é considerado foragido desde a deflagração da Operação Xibalba, no dia 9 de dezembro, quando foram cumpridos 49 mandados de busca e cumpridos 14 mandados de prisão preventiva.

De acordo com o Ministério Público, as investigações identificaram organização criminosa para lavagem de dinheiro do tráfico de drogas, supostamente liderada pelo prefeito eleito de Embu.

O que não se sabe é se realmente Ney Santos assumirá o cargo, já que pode ser preso durante a cerimônia.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email