Fortunati tem baixa aprovação, diz pesquisa

A popularidade do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT) está em baixa; segundo o Instituto Paraná Pesquisas, apenas 33,1% do eleitorado da capital aprovam a gestão do pedetista, enquanto 60,9% desaprovam o governo municipal; os entrevistados que não souberam opinar somaram 6,0%; para 10,3% dos eleitores, a gestão municipal está melhor do que o esperado; 34,5% deles afirmaram que está pior; 48,5% disseram que está igual, e não souberam responder somaram 6,7%

2013.12.12 - Porto Alegre/RS/Brasil -  Entrevista com o Prefeito José Fortunati. Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21.com.br
2013.12.12 - Porto Alegre/RS/Brasil - Entrevista com o Prefeito José Fortunati. Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21.com.br (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio Grande do Sul 247 – A popularidade do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT) está em baixa. Segundo o Instituto Paraná Pesquisas, apenas 33,1% do eleitorado da capital aprovam a gestão do pedetista, enquanto 60,9% desaprovam o governo municipal. Os entrevistados que não souberam opinar somaram 6,0%.

Para 10,3% dos eleitores, a gestão municipal está melhor do que o esperado; 34,5% deles afirmaram que está pior; 48,5% disseram que está igual, e não souberam responder somaram 6,7%.

Questionados sobre em quem votaria se as eleições fossem hoje (4), em lista estimulada (quando aparecem as sugestões das candidaturas), 19,4% dos eleitores afirmaram que votariam na deputada estadual Manuela D’Ávila (PC do B).

Em segundo lugar aparece a ex-deputada federal Luciana Genro (PSOL), com 11,4%. O deputado federal Vieira da Cunha (PDT) assegura a terceira posição, com 8,9%, seguido pela também deputada federal Maria do Rosário, com 8,8% (PT).

PUBLICIDADE

A pesquisa também avaliou a percepção do eleitorado sobre a Câmara Municipal de Porto Alegre. Conforme o levantamento, 18,0% aprovam o trabalho realizada pela Casa; 73,3% desaprovam, e 8,7% na souberam responder. Outros sete candidatos somaram 28,8%. Ao todo, 13,2% dos entrevistados afirmaram que não votariam em candidato algum. Os que não souberam responder somaram 9,5%.

Foram ouvidos 686 eleitores, maiores de 16 anos, de 26 a 29 de abril. A pesquisa, registrada no Conselho Regional de Estatística da 3ª Região sob o nº 6288/10, atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de 4,0% para os resultados gerais.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email