Fundação São Paulo acaba com eleição para reitor na PUC

A reitora da PUC-SP, Maria Amália Pie Abib Andery, foi surpreendida com um pacote medidas encaminhadas pela Fundação São Paulo; dentre as novas regras do decreto, está que, a partir da próxima gestão, o reitor não será mais eleito pela comunidade da PUC; professores denunciam que a ação é de um levante dos setores de católicos conservadores contra o sistema democrático exercido durate décadas pela universidade

Fundação São Paulo acaba com eleição para reitor na PUC
Fundação São Paulo acaba com eleição para reitor na PUC

Por GGN - Na última quarta-feira (29) a reitora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Maria Amália Pie Abib Andery, foi surpreendida com um pacote medidas encaminhado pela Fundação São Paulo, mantenedora da instituição de ensino. Dentre as novas regras do decreto, está que, a partir da próxima gestão, o reitor não será mais eleito pela comunidade da PUC, assim como todos os cargos intermediários de chefia. O cardeal d. Odilo Scherer será o responsável direto pela escolha e, os demais cargos, serão definidos pelo reitor escolhido diretamente pelo líder da igreja Católica em São Paulo.

Em depoimento gravado em vídeo, o escritor, jornalista e professor da PUC-SP, José Arbex Júnior, destacou que a avaliação interna é de um levante dos setores de católicos conservadores contra o sistema democrático exercido pela instituição há décadas. 

Pelas regras instituídas até então, alunos, funcionários e professores participavam diretamente da votação. Os três candidatos mais bem votados eram, então, submetidos à decisão do cardeal, arcebispo de São Paulo e presidente da Fundação São Paulo, d. Odilo.

"Na nossa opinião não é por acaso que esse golpe contra a PUC vem, justamente, em um momento em que os sistemas mais conservadores e fundamentalistas da Igreja Católica em todo o mundo, querem a demissão do Papa Francisco", pontuou Arbex Jr completando que, em São Paulo, o mesmo movimento se insurgem contra "espaços de liberdade que estão existindo hoje na igreja graças à militância do Papa Francisco".

Leia a íntegra da matéria aqui 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247