Galo goleia São Paulo e está nas quartas

Com goleada de 4 a 1, Atlético supera equipe são-paulina pela terceira vez na Libertadores e avança no torneio; Diogo Tardelli foi o grande destaque da partida

Galo goleia São Paulo e está nas quartas
Galo goleia São Paulo e está nas quartas (Foto: Cristiane Mattos/Futura Press/Fo)

Atlético.com.br - De forma incontestável, o Galo avançou para as quartas de final da Copa Bridgestone Libertadores da América ao golear o São Paulo por 4 a 1, na noite desta quarta-feira, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Os gols foram marcados por Jô (3) e Diego Tardelli. Esta foi a 3ª vitória do Galo sobre a equipe do Morumbi na competição, onde o Atlético venceu sete das oito partidas que disputou.

Na próxima fase, o Alvinegro enfrentará o vencedor do confronto entre Palmeiras e Tijuana, do México. No jogo de ida, disputado no estádio Caliente, em Tijuana, no México, houve empate sem gols. A partida de volta acontecerá na próxima terça-feira, em São Paulo.

Com a goleada, o Galo alcançou a marca de 47 jogos de invencibilidade como mandante e se isolou ainda mais como o ataque mais positivo da Libertadores, com 22 gols.

CLIQUE AQUI e veja todas as fotos da goleada.

O JOGO

O Galo foi arrasador desde o início e quase abriu o placar com dez segundos de jogo. No lance, Jê desviou a bola de cabeça para a grande área, Ronaldinho deu toque de calcanhar e Tardelli escorou a bola para Jô concluir por cima do gol.

Um minuto depois, Ronaldinho sofreu falta que ele mesmo cobrou no travessão. Aos 12 minutos, Richarlyson cobrou lateral pela esquerda, Jô desviou novamente e Tardelli tentou finalizar de bicicleta, para fora.

Em outra grande jogada, Ronaldinho passou a bola entre as pernas de Carleto na intermediária e, depois que o lance passou por Bernard do lado esquerdo do campo, Ronaldinho recebeu de volta na entrada da área pela direita e sofreu falta depois de aplicar um chapéu em Douglas. Ele mesmo chutou rasteiro na cobrança e, no rebote, Réver concluiu desequilibrado, para fora.

A pressão atleticana surtiu efeito aos 18 minutos, quando Leandro Donizete ganhou a jogada pelo meio, tocou para Tardelli e este encontrou Bernard na entrada da área; Bernard foi travado pelo zagueiro e Jô acertou um belo chute no ângulo: Galo 1 x 0.

Victor fez boa defesa aos 25 minutos e o Galo quase marcou de novo após outra cobrança de falta de Ronaldinho e desvio de Jô, mas Rogério Ceni fez boa defesa.

Diego Tardelli voltou a levar perigo em lance de cabeça e, aos 36 minutos, Jô cruzou pela esquerda e Bernard finalizou de primeira, mas o zagueiro paulista salvou quase em cima da linha do gol.

No segundo tempo, sem alterações, o Atlético permaneceu controlando a partida e Jô acertou o travessão em chute da entrada da área.

Até os dez minutos da etapa final, o Galo havia finalizado 12 vezes contra apenas duas do São Paulo, evidenciando a superioridade alvinegra.

O terceiro gol quase veio após cruzamento de Tardelli pela direita e desvio de Bernard, mas a bola saiu à direita de Rogério Ceni.

Depois de boa participação de Victor, Jô sofreu falta perto da área e Ronaldinho cobrou com perigo, rente à trave.

Aos 17 minutos, Jô recebeu ótimo passe de Leandro Donizete e finalizou entre as pernas de Rogério Ceni para fazer Galo 2 x 0.

Dois minutos depois, Diego Tardelli aproveitou recuo de bola de Rafael Tolói e encobriu Rogério Ceni e fez o terceirol: Galo 3 x 0.

Aos 24 minutos, Ronaldinho tocou a bola para Jô acertar outro belo chute e fazer o seu terceiro gol na partida, o quarto do Atlético: 4 x 0

O São Paulo diminuiu com Luis Fabiano, aos 30 minutos, mas a festa já era alvinegra. E quase ficou ainda maior quando Ronaldinho fez grande jogada na grande área pela esquerda e quase marcou por cobertura.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 4 x 1 SÃO PAULO
Motivo:
 Copa Bridgestone Libertadores da América – Oitavas de final (jogo de volta)

Data: 8/5/2013
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Público pagante: 19.212
Renda: R$ 1.541.350,00
Gols: Jô (18′), (62′) e (69′) Diego Tardelli (64′); Luis Fabiano (75′)
Árbitro: Roberto Silveira (URU)
Auxiliares: Carlos Pastorino (URU) e Gabriel Popovits (URU)
Cartões amarelos: Leandro Donizete, Diego Tardelli e Ronaldinho Gaúcho (Atlético-MG); Denilson, Jadson e Maicon (São Paulo)
Cartões vermelhos: Rosinei (Atlético-MG); Carleto (São Paulo)

Alético
Victor; Marcos Rocha, Réver, Gilberto Silva e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete (Josué), Ronaldinho e Tardelli (Rosinei); Bernard (Luan) e Jô. Técnico: Cuca

São Paulo
Rogério Ceni; Paulo Miranda (Silvinho), Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Wellington, Denilson (Ademilson), Jadson (Maicon) e Ganso; Douglas e Luis Fabiano.Técnico: Ney Franco

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247