General Atlantic negocia compra de fatia na fintech Geru, dizem fontes

O ex-assessor da General Atlantic para o Brasil, Marcelo Kayath, hoje sócio da Geru, está liderando os esforços para captação de recursos.

General Atlantic negocia compra de fatia na fintech Geru, dizem fontes
General Atlantic negocia compra de fatia na fintech Geru, dizem fontes
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - A empresa de private equity General Atlantic está negociando a compra de fatia minoritária na fintech de empréstimos pessoais Geru, segundo duas fontes com conhecimento do assunto.

Outros investidores podem se juntar à General Atlantic, disseram as fontes, acrescentando que sócios do Geru passaram as últimas semanas visitando fundos em San Francisco e Nova York para captar cerca de 50 milhões de dólares.

O ex-assessor da General Atlantic para o Brasil, Marcelo Kayath, hoje sócio da Geru, está liderando os esforços para captação de recursos.

As receitas serão usadas para financiar empréstimos e projetos de tecnologia, disse uma fonte, pedindo para não ser identificada porque as discussões ainda são sigilosas.

A compra de participação na Geru ampliaria movimentos da General Atlantic em empresas financeiras do país para desafiar os maiores bancos dominantes do país.

Em 2012, a General Atlantic comprou uma fatia na XP Investimentos, que vendeu parcialmente para o Itaú Unibanco em um acordo de 1,89 bilhão de dólares em 2017.

Em março, Geru entrou no crédito consignado, em parceria com a unidade de crédito ao consumidor Cetelem do banco francês BNP Paribas.

Por Carolina Mandl

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247