Goiás lidera geração de empregos em fevereiro

Dados do Caged mostram que Estado criou 11.675 postos de trabalho formais e teve crescimento três vezes maior que a média nacional; setores de atividade econômica que mais contribuíram para resultado foram indústria de transformação (4.255 vagas), serviços (3.731) e agropecuária (2.308)

Goiás lidera geração de empregos em fevereiro
Goiás lidera geração de empregos em fevereiro
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247_ Goiás continua sendo um dos Estados que mais gera empregos no País. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados esta semana mostram que em fevereiro foram gerados 11.675 empregos celetistas, equivalente à expansão de 1,01% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior.

O saldo de fevereiro foi de 65.674 admitidos e 53.999 desligados. Apresentando em termos absoluto o melhor desempenho da região Centro-Oeste e em termos relativos o melhor do Brasil, com um crescimento três vezes maior que a média nacional, que ficou em 0,31%.

Os setores de atividade econômica que mais contribuíram para este resultado foram Indústria de Transformação (4.255 postos) Serviços (3.731 postos) e Agropecuária (2.308 postos).

Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, no acumulado dos últimos doze meses, o montante de empregos gerados atingiu 61.368 postos de trabalho, correspondendo a um aumento de 5,54%.

“Goiás está surpreendendo em termos de geração de emprego, enquanto 11 estados da federação apresentaram saldos negativos o desempenho positivo no mês de fevereiro aumenta a expectativa de um ano promissor”, declarou o superintendente regional do Ministério do Trabalho e Emprego em Goiás, Arquivaldo Bites.

Economia

Os números positivos na geração de empregos é mais indício do bom momento que vive a economia goiana. Este mês, Goiás também virou notícia nacional devido à alta em seu PIB. O Estado conseguiu avanço de 3,8% em 2012 - número bem acima de 0,9%, que foi o resultado do PIB do País no ano passado.

A economia de Goiás em 2012 movimentou cerca de R$ 112 bilhões, ante R$ 104,7 bilhões em 2011. Enquanto a agropecuária avançou 5,5% no ano, os setores da indústria e de serviços cresceram 3,5% cada. Em termos comparativos com os sete Estados da federação que realizam este tipo de cálculo, no último trimestre do ano passado, Goiás foi o segundo que mais cresceu (3,5%) ficando atrás apenas do Ceará (3,7%).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email