Goiás supera metas do Ideb

Rede pública estadual ultrapassa projeções feitas pelo MEC, sobe no ranking nacional e supera todas as médias regionais; melhor desempenho ocorreu no ensino médio da educação goiana, que saiu do 16º lugar e foi para a 5ª posição no ranking nacional

Goiás supera metas do Ideb
Goiás supera metas do Ideb (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247_ A rede pública escolar de Goiás superou as projeções feitas pelo Ministério da Educação (MEC) para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2011. Os números divulgados esta semana mostram que o Estado subiu no ranking nacional e superou todas as médias regionais. As escolas estaduais do 1º ao 5º ano do ensino fundamental obtiveram nota 5,3. O valor superou a projeção para 2011, que era de 4,7, e a de 2013, que era 5,0, e alcançou o valor anteriormente previsto apenas para 2015.

Nas séries finais do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano, o desempenho alcançou a nota 4,0, ultrapassando a meta de 3,7. Quanto ao ensino médio, que é de responsabilidade exclusiva do governo estadual, a nota conquistada foi 3,6, e também foi superior às metas de 2011 (3,2) e 2013 (3,4). Dessa forma, a primeira fase do ensino fundamental (1º ao 5º ano) subiu de 10º para 5º lugar no ranking nacional, enquanto a segunda fase (6º ao 9ºano) passou de 12º para 6º lugar no País. O melhor desempenho ocorreu no ensino médio da educação goiana, que saiu do 16º lugar e foi para a 5ª posição no ranking nacional.

Segundo o secretário de Educação, Thiago Peixoto, os resultados demonstram que a educação pública em Goiás avançou. Em 2011, segundo afirmou, a Secretaria da Educação instituiu a cultura de avaliação nas escolas e o acompanhamento sistemático do trabalho pedagógico, com ênfase na alfabetização e na melhoria da proficiência dos alunos nas disciplinas básicas – Língua Portuguesa e Matemática. As avaliações passaram a subsidiar as principais mudanças que trouxeram para a realidade das escolas, a política de reconhecimento ao mérito dos trabalhadores da educação e ao empenho dos estudantes.

Todas essas estratégias, conforme explicou Thiago Peixoto, estão contidas no Pacto pela Educação, o plano de reforma educacional do Estado, que em menos de um ano mudou o ensino nas escolas estaduais. A expectativa da Secretaria da Educação é que com o trabalho realizado no decorrer de 2012, junto aos profissionais da rede estadual, o desempenho dos alunos e das escolas melhore ainda mais. “O nosso foco tem sido a sala de aula, é lá que a transformação acontece”, afirma o secretário.

Cerca de 62,5% dos municípios alcançaram a meta de 2011, considerando o desempenho das escolas públicas. Na rede de ensino em Goiânia, os alunos obtiveram nota superior à meta estabelecida pelo MEC nos anos finais e iniciais do ensino fundamental. Na primeira etapa, no ano de 2011, os estudantes tiveram nota de 5,3, acima da nota obtida em 2009 (3,8) e superando a meta (4,7). Na segunda etapa, a meta de 3,6 também foi superada, com a nota de 3,9 em 2011, um ponto acima da obtida em 2009 (3,8).

O que é o Ideb

O Ideb, divulgado a cada dois anos pelo MEC, é composto pelas notas obtidas pelos alunos na Prova Brasil e também pelas taxas de aprovação das escolas. Desde o ano passado, Goiás tem, também, o seu Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saego), com aplicação de um exame anual de avaliação, a Prova Goiás, que complementa o Ideb e possibilita identificar dificuldades e reorientar o ensino na rede pública. Além da Prova Goiás, a Secretaria de Educação de Goiás realiza avaliações diagnósticas ao longo do ano letivo.

Boas notícias

Os resultados positivos no Ideb são mais um estímulo para o governo estadual que neste segundo semestre formatou uma agenda positiva de programas e inaugurações. O segundo pacote de recuperação de rodovias já está sendo licitado, a economia do Estado apresentou números recordes nos últimos meses e este mês o governador Marconi Perillo lançou o PAI (Plano de Ação Integrada de Desenvolvimento. Para este semestre, o governo estadual ainda espera mais resultados positivos e a consolidação do modelo de gestão por Organização Social (OS) nos hospitais estaduais de responsabilidade do Estado.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email