"Goiás vai manter viva a memória de Cristiano Araújo", diz Marconi

Governador esteve no velório do cantor na manhã desta quinta-feira e prestou solidariedade aos familiares e amigos do artista, que morreu ontem após acidente na BR-153; "Goiás, todos nós goianos, temos a memória do Cristiano para preservar. O Cristiano faleceu, mas a história dele e a música ficarão para sempre", disse Marconi; governador decretou luto oficial de três dias no Estado; o corpo será enterrado no cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia, nesta quinta

Governador esteve no velório do cantor na manhã desta quinta-feira e prestou solidariedade aos familiares e amigos do artista, que morreu ontem após acidente na BR-153; "Goiás, todos nós goianos, temos a memória do Cristiano para preservar. O Cristiano faleceu, mas a história dele e a música ficarão para sempre", disse Marconi; governador decretou luto oficial de três dias no Estado; o corpo será enterrado no cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia, nesta quinta
Governador esteve no velório do cantor na manhã desta quinta-feira e prestou solidariedade aos familiares e amigos do artista, que morreu ontem após acidente na BR-153; "Goiás, todos nós goianos, temos a memória do Cristiano para preservar. O Cristiano faleceu, mas a história dele e a música ficarão para sempre", disse Marconi; governador decretou luto oficial de três dias no Estado; o corpo será enterrado no cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia, nesta quinta (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O governador Marconi Perillo participou, nesta quinta-feira (25), do velório do cantor Cristiano Araújo, no Centro Cultural Oscar Niemeyer. Marconi chegou às 7h45 ao Palácio da Música para transmitir sua solidariedade e prestar condolências à família do artista. "Goiás, todos nós goianos, temos a memória do Cristiano para preservar. O Cristiano faleceu, mas a história dele e a música ficarão para sempre".

Marconi decretou, na quarta-feira, luto oficial de três dias no Estado pela morte do cantor, vítima de acidente automobilístico na BR-153, perto da cidade de Morrinhos. Quando o governador chegou ao velório já era grande a movimentação de fãs e amigos para o adeus ao cantor. Marconi conversou com o pai do cantor e os dois fizeram juntos uma oração.

"O Cristiano começou a participar de cerimônias comigo há uns 16 anos. Ele era menino ainda quando eu era governador pela primeira vez e ele já participava de muitos eventos, juntamente com o pai", disse Marconi, em entrevista, ao comentar a amizade com Cristiano e o pai do cantor, João Araújo. Ele disse ainda que Cristiano será lembrado por sua "alegria, gosto pela vida, pela música, as brincadeiras e principalmente a amizade sincera".

"Nessa última eleição, o Cristiano também teve uma participação muito bonita no segundo turno. A gente tinha uma boa relação e, sempre que eu podia, eu procurava apoiar as iniciativas do Cristiano", disse o governador, ao comentar a participação do artista na gravação de um jingle da campanha.

"Eu já sabia, desde que ele era criança, que tinha um grande talento e faria sucesso. E ele acabou ganhando o Brasil, o Brasil inteiro está consternado com o que aconteceu com ele", afirmou Marconi.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247