Governo adia divulgação das estatísticas da segurança

O governador Camilo Santana (PT) adiou para a próxima quinta-feira (9), a reunião de monitoramento do Programa Em Defesa da Vida, marcada para a manhã desta terça-feira (7), quando seriam divulgados os dados consolidados referentes aos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) e  furtos, referentes ao mês de fevereiro de 2017 no Ceará

O governador Camilo Santana (PT) adiou para a próxima quinta-feira (9), a reunião de monitoramento do Programa Em Defesa da Vida, marcada para a manhã desta terça-feira (7), quando seriam divulgados os dados consolidados referentes aos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) e  furtos, referentes ao mês de fevereiro de 2017 no Ceará
O governador Camilo Santana (PT) adiou para a próxima quinta-feira (9), a reunião de monitoramento do Programa Em Defesa da Vida, marcada para a manhã desta terça-feira (7), quando seriam divulgados os dados consolidados referentes aos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) e  furtos, referentes ao mês de fevereiro de 2017 no Ceará (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O governador Camilo Santana (PT) adiou para a próxima quinta-feira (9), a reunião de monitoramento do Programa Em Defesa da Vida, marcada para a manhã desta terça-feira (7), quando seriam divulgados os dados consolidados referentes aos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) e  furtos, referentes ao mês de fevereiro de 2017 no Ceará.

Participam da reunião ordinária, realizada mensalmente, o comando da segurança pública do Estado com a cúpula da SSPDS, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Perícia Forense e Academia de Segurança Pública, como parte das ações estratégicas do programa "Em Defesa da Vida". Os CVLIs englobam os crimes de homicídio, latrocínio e lesões corporais seguidas de morte. Já os CVPs são referentes aos roubos. Os furtos compõem índice à parte por não envolverem violência física.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247