Governo cria oito coordenadorias para acomodação de aliados

Será lido em plenário e distribuído para a Comissão de Constituição e Justiça na próxima semana a reforma administrativa do Estado, que prevê a criação de oito coordenadorias, com status de secretaria, para acomodação dos novos aliados do governo Wellington Dias; líder do Governo, deputado João de Deus (PT) acredita que não haverá dificuldade em aprovar a reforma, que ainda prevê a criação de uma fundação par administrar os hospitais públicos do Estado, a ser ocupada pelo deputado Pablo Santos, filho do ex-deputado Warton Santos, na cota do PMDB

Será lido em plenário e distribuído para a Comissão de Constituição e Justiça na próxima semana a reforma administrativa do Estado, que prevê a criação de oito coordenadorias, com status de secretaria, para acomodação dos novos aliados do governo Wellington Dias; líder do Governo, deputado João de Deus (PT) acredita que não haverá dificuldade em aprovar a reforma, que ainda prevê a criação de uma fundação par administrar os hospitais públicos do Estado, a ser ocupada pelo deputado Pablo Santos, filho do ex-deputado Warton Santos, na cota do PMDB
Será lido em plenário e distribuído para a Comissão de Constituição e Justiça na próxima semana a reforma administrativa do Estado, que prevê a criação de oito coordenadorias, com status de secretaria, para acomodação dos novos aliados do governo Wellington Dias; líder do Governo, deputado João de Deus (PT) acredita que não haverá dificuldade em aprovar a reforma, que ainda prevê a criação de uma fundação par administrar os hospitais públicos do Estado, a ser ocupada pelo deputado Pablo Santos, filho do ex-deputado Warton Santos, na cota do PMDB (Foto: Leonardo Lucena)

Piauí Hoje - Será lido em plenário e distribuído para a Comissão de Constituição e Justiça na próxima semana a reforma administrativa do Estado, que prevê a criação de oito coordenadorias, com status de secretaria, para acomodação dos novos aliados do governo Wellington Dias.

O líder do Governo, deputado João de Deus (PT) acredita que não haverá dificuldade em aprovar a reforma, que ainda prevê a criação de uma fundação par administrar os hospitais públicos do Estado, a ser ocupada pelo deputado Pablo Santos, filho do ex-deputado Warton Santos, na cota do PMDB.

Serão criadas as seguintes coordenadorias, com os respectivos titulares: Agronegócio e Cerrados, que passa a ser gerida pelo irmão do deputado Paes Landim (PTB), Luis Gonzaga Paes Landim; Apoio à Piscicultura, cargo a ser ocupado por Caio Bucar (PSD); Educação Tecnológica - Mário Ângelo (PCdoB)

Programa de Combate à Pobreza Rural (PCPR), a ser ocupada por Leonardo Sobral, indicado pelo PMDB; Modernização e Qualificação dos Empreendimentos Públicos, que será dirigida por Marcos Vinicius (PTC); Tecnologia e Inovação, cujo coordenador será indicado pelo PSD; Mais Vida com Cidadania para o Idoso, cargo que será ocupado pelo hoje delegado de Valença, Marllos Sampaio (PMDB); e Infraestrutura Aeroportuária, a ser coordenada pelo ex-prefeito de Parnaíba, Florentino Neto, do PT.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247