CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Governo de SP inclui telefonista em reforço da PM

Novo método de estatística sobre o contingente da PM nas ruas em São Paulo contabiliza atendentes do 190, assessores de imprensa, mecânicos, guarda de quartel e equipes do departamento pessoal; com isso, conta fechou em mais de 14 mil homens em operação pela segurança do Estado

Novo método de estatística sobre o contingente da PM nas ruas em São Paulo contabiliza atendentes do 190, assessores de imprensa, mecânicos, guarda de quartel e equipes do departamento pessoal; com isso, conta fechou em mais de 14 mil homens em operação pela segurança do Estado (Foto: Roberta Namour)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Entre os dados sobre o contingente da PM nas ruas, o governo de São Paulo contabilizou atendentes do 190, assessores de imprensa, mecânicos, guarda de quartel e equipes do departamento pessoal. A conta fechou em mais de 14 mil homens em operação pela segurança da capital.

O comandante-geral da Polícia Militar, Benedito Roberto Meira, defendeu o novo ‘método’ de estatística e afirmou que o setor administrativo pode ser convocado para trabalhar na rua a qualquer momento.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em outros estados, apenas Minas Gerais contabiliza parte dos servidores que atuam no 190 como operacionais. O restante considera como serviço burocrático.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO