Governo fará concurso para as polícias Civil e Militar e perícia neste ano

O concurso público inicialmente será para 850 novos policiais, sendo 600 militares, 150 civis e 100 para a área de perícia; “o governador Marcelo Déda, de fato, já nos autorizou que façamos o concurso. Já bateu o martelo – e vai sair ainda neste ano. stamos na fase de discutir os meios e os quantitativos”, afirma o secretário de Estado da Casa Civil, Silvio Santos;  em 2001, com pouco mais de 1,5 milhão de habitantes, Sergipe possuía um efetivo de 7.180 policiais militares; atualmente, são 2,2 milhões de habitantes e apenas 4 mil militares

Governo fará concurso para as polícias Civil e Militar e perícia neste ano
Governo fará concurso para as polícias Civil e Militar e perícia neste ano
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 – O Governo de Sergipe trabalha para realizar concurso público para 850 novos policiais, sendo 600 militares, 150 civis e 100 para a área de perícia. Antes, no entanto, a administração estadual está estabelecendo marcos reguladores nas polícias, a exemplo da Lei Orgânica da PM. “O governador Marcelo Déda, de fato, já nos autorizou que façamos o concurso. Já bateu o martelo – e vai sair ainda neste ano. Estamos na fase de discutir os meios e os quantitativos”, afirma o secretário de Estado da Casa Civil, Silvio Santos.

A informação é do jornalista Jozailto Lima, da coluna Cinformando, na edição desta semana do jornal Cinform. De acordo com ele, a demanda por novos profissionais de Segurança Pública em Sergipe é de mais de 3 mil homens. Mas o secretário da pasta, João Eloy de Menezes, avalia que a entrada de 850 policiais já atenua este déficit. Os 100 civis e os 600 militares irão todos para o Interior. Silvio Santos explica que não será possível fazer um concurso para mais homens diante da estrutura de preparação desses profissionais

O secretário João Eloy diz que em 2001, com pouco mais de 1,5 milhão de habitantes, Sergipe possuía um efetivo de 7.180 policiais militares, enquanto, atualmente, são 2,2 milhões de habitantes e apenas 4 mil militares. "A notícia do concurso é muito boa para o setor. Naturalmente, os efeitos não devem ser vistos ainda em 2013, porque entre a realização do evento e a preparação dos novos componentes, 2014 já chegou. Mas antes isso do que nada", encerra Jozailto Lima.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email