'Governo ilegítimo só destrói legados', diz deputado sobre Moraes

Deputado estadual Alex Lima (PTN) usou a tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia nesta quarta-feira para criticar o governo de Michel Temer pela investida contra os direitos dos trabalhadores e pela aprovação de Alexandre de Moares para o Supremo Tribunal Federal; "Não houve uma imparcialidade com essa indicação e a historia repete quando um governo popular é substituído por um governo conservador, que nunca pensou de verdade no avanço do pais. Cada vez mais estamos indo contra a democracia, o estado de direito e as conquistas obtidas nos últimos tempos", disse Lima

Alex Lima
Alex Lima (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O deputado estadual Alex Lima (PTN) criticou usou a tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia nesta quarta-feira (22) para criticar o governo de Michel Temer pela investida contra os direitos dos trabalhadores e pela aprovação de Alexandre de Moares para o Supremo Tribunal Federal (STF).

"Não é possível que a sociedade civil não esteja acompanhando as atrocidades que estão ocorrendo contra nosso país. Legados importantes estão sendo destruídos pelo atual governo. Esse governo golpista e ilegítimo tem praticado ações de retrocesso com o povo brasileiro. Estão destruindo o legado de Ulisses Guimarães, que foi protagonista da Constituição brasileira. Quando retiram os direitos conquistados pelos trabalhadores, joga no lixo o legado deixado por Getúlio Vargas; e quando atingem de forma negativa os avanços politicas sociais, ferem o legado deixado pelo ex-presidente Lula", disse o deputado baiano.

A indicação de Alexandre de Moraes para a vaga de ministro do STF foi aprovada por 55 votos a 13 no plenário do Senado nesta quarta-feira. Dos 81 senadores, apenas 13 não votaram. Com a aprovação, Moraes assumirá a cadeira deixada por Teori Zavascki.

"Não houve uma imparcialidade com essa indicação e a historia repete quando um governo popular é substituído por um governo conservador, que nunca pensou de verdade no avanço do pais. Cada vez mais estamos indo contra a democracia, o estado de direito e as conquistas obtidas nos últimos tempos".

Ao vivo na TV 247 Youtube 247