Governo lança roteiro com 184 destinos para turistas da Copa

A ideia do Ministrio do Turismo incentivar o visitante brasileiro ou estrangeiro a conhecer o pas sem ficar longe das 12 cidades-sede nas quais ocorrero as disputas esportivas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - A dois anos e cinco meses da Copa do Mundo de 2014, o Ministério do Turismo divulgou um estudo preliminar sugerindo 184 destinos para o turista que virá para o Brasil assistir aos jogos. A ideia é incentivar o visitante brasileiro ou estrangeiro a conhecer o país sem ficar longe das 12 cidades-sede nas quais ocorrerão as disputas esportivas.

Os locais escolhidos estão em um raio de 300 quilômetros das cidades-sede, com um tempo máximo de viagem de três horas por terra e duas, pela via aérea.

O Ministério do Turismo calcula que cerca de 600 mil turistas estrangeiros e 3 milhões de brasileiros deverão circular pelo país nos meses da Copa do Mundo de 2014 – junho e julho. No total, serão aproximadamente 7,8 milhões de viagens domésticas durante os jogos.

Para organizar os 184 destinos recomendados aos turistas, o governo pretende investir em campanhas e convênios para a promoção dos locais escolhidos. O objetivo é aplicar R$ 151 milhões na iniciativa. Paralelamente, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) tenta garantir mais R$ 139 milhões na promoção do turismo à brasileira no exterior.

O diretor de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico do Ministério do Turismo, Ricardo Moesch, disse à Agência Brasil que a definição dos roteiros envolvendo os 184 destinos foi baseada em pesquisas que mostram as preferências e os desejos dos turistas.

“Desses 184, utilizamos 94 roteiros que foram apresentados ano passado, depois selecionamos 65 destinos identificados como prioritários tanto pelos turistas estrangeiros como pelos brasileiros. Mas isso não impede a inclusão de mais alternativas”, disse o diretor.

Moesch acrescentou ainda que é possível incrementar o turismo aumentando voos fretados e também os comerciais. Segundo ele, as dificuldades ainda existem, mas devem ser superadas. “[Infelizmente] podemos ter destinos bons, mas não preparados o suficiente para receber o turista ”, disse.

Ele acredita que haverá um maior fluxo de voos para os destinos sugeridos pelo ministério. “É possível que haja um aumento no fluxo de voos para esses [184] destinos, com isso teremos os voos fretados [charters]. Por exemplo, no voo de Fortaleza ao Maranhão, devido ao [turismo intenso na região dos] Lençóis Maranhenses, podem ser utilizado voos regulares, respeitando o tempo de duas horas de voo”.

O estudo definindo os 184 roteiros turísticos foi elaborado pelo Ministério do Turismo em parceria com a Embratur e as secretarias de Turismo dos estados com o objetivo de aumentar o fluxo turístico e a geração de renda e emprego durante a realização do evento, segundo as assessorias de imprensa do ministério e da Embratur.

Como o estudo é preliminar e ainda podem ser incluídas sugestões e recomendações, há uma previsão de sua conclusão ocorrer até o final deste ano. “Começamos esse trabalho em novembro do ano passado [2011] e ainda teremos a apresentação formal desses roteiros em parceria com as empresas de turismo e mais algumas etapas para concluir todo o projeto ”, disse Moesch.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email