Governo ordena que Forças punam militares

Oficiais da reserva devem ser advertidos por insubordinao aps publicao de nova carta com ataques a Dilma e desobedincia s ordens do ministro Celso Amorim

Governo ordena que Forças punam militares
Governo ordena que Forças punam militares (Foto: DIDA SAMPAIO/AGÊNCIA ESTADO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O novo texto de militares da reserva com críticas ao governo não passou despercebido no Planalto. Dilma determinou aos comandantes das Forças Armadas que os mais de 150 signatários da nota sejam punidos com advertência por ato de insubordinação.

Na mensagem divulgada anteontem na internet, os oficiais reafirmaram ataques feitos por clubes militares a Dilma e disseram não reconhecer a autoridade do ministro da Defesa, Celso Amorim.

Em uma primeira nota, eles acusaram a presidente de se afastar do papel de estadista ao não "expressar desacordo" a declarações de ministras e do PT favoráveis à investigação de fatos ocorridos na ditadura. Após intervenção do Planalto e de Amorim, os clubes tiveram de retirar a mensagem da internet.

Mesmo fora da ativa, os militares estão sujeitos à hierarquia das Forças, das quais Dilma e Amorim são os chefes máximos. Em geral, a punição vai de advertência à expulsão -o que o governo não considera ser o caso. (Com informações da Folha)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email