Governo prepara licitação do prédio do Hospital do Câncer

As obras de terraplanagem do Hospital do Câncer estão quase finalizadas; orçada em R$ 12 milhões, esta fase serve como preparação do terreno para receber a estrutura do prédio onde funcionará a principal unidade de tratamento de câncer em Sergipe; não só esta etapa, como as demais são geridas com recursos do Proinveste; próximo passo é iniciar a licitação para a construção de toda a unidade de saúde; “Recebemos a autorização da Caixa Econômica Federal para licitar a obra física do hospital. A previsão para conclusão da obra será de três anos e faremos a compra dos equipamentos quando a obra estiver próxima de ser finalizada, para que possamos adquirir os mais modernos”, disse José Sobral, secretário Estadual de Saúde

As obras de terraplanagem do Hospital do Câncer estão quase finalizadas; orçada em R$ 12 milhões, esta fase serve como preparação do terreno para receber a estrutura do prédio onde funcionará a principal unidade de tratamento de câncer em Sergipe; não só esta etapa, como as demais são geridas com recursos do Proinveste; próximo passo é iniciar a licitação para a construção de toda a unidade de saúde; “Recebemos a autorização da Caixa Econômica Federal para licitar a obra física do hospital. A previsão para conclusão da obra será de três anos e faremos a compra dos equipamentos quando a obra estiver próxima de ser finalizada, para que possamos adquirir os mais modernos”, disse José Sobral, secretário Estadual de Saúde
As obras de terraplanagem do Hospital do Câncer estão quase finalizadas; orçada em R$ 12 milhões, esta fase serve como preparação do terreno para receber a estrutura do prédio onde funcionará a principal unidade de tratamento de câncer em Sergipe; não só esta etapa, como as demais são geridas com recursos do Proinveste; próximo passo é iniciar a licitação para a construção de toda a unidade de saúde; “Recebemos a autorização da Caixa Econômica Federal para licitar a obra física do hospital. A previsão para conclusão da obra será de três anos e faremos a compra dos equipamentos quando a obra estiver próxima de ser finalizada, para que possamos adquirir os mais modernos”, disse José Sobral, secretário Estadual de Saúde (Foto: Valter Lima)

ASN - As obras de terraplanagem do Hospital do Câncer estão quase finalizadas. Orçada em R$ 12 milhões, esta fase serve como preparação do terreno para receber a estrutura do prédio onde funcionará a principal unidade de tratamento de câncer em Sergipe. Não só esta etapa, como as demais são geridas com recursos do Proinveste. O próximo passo é iniciar a licitação para a construção de toda a unidade de saúde. 
 
“Recebemos a autorização da Caixa Econômica Federal para licitar a obra física do hospital. A previsão para conclusão da obra será de três anos e faremos a compra dos equipamentos quando a obra estiver próxima de ser finalizada, para que possamos adquirir os mais modernos. Enquanto isso, para garantir a assistência dos pacientes, um novo acelerador linear será implantado no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), para que os pacientes não fiquem desassistidos”, disse José Sobral, secretário Estadual de Saúde.
 
Construção
 
A construção da unidade hospitalar irá possibilitar uma melhoria significativa para os pacientes oncológicos em Sergipe. Ao todo, serão investidos R$ 80 milhões, somente na parte de obra, fora equipamentos. O projeto contempla setores específicos com 30 leitos para internação infantil e 120 leitos para internação de adultos, além de 10 leitos de UTI para os adultos e 10 para crianças.
 
Para a senhora Licélia Nascimento Santos, que é usuária do sistema público de saúde e realiza tratamento no Huse, por Sergipe possuir uma demanda muito grande de pessoas com câncer, a inauguração do Hospital do Câncer vai suprir uma necessidade latente. “Vai ser um avanço. Sergipe vai sair na frente. Acredito que o hospital vai proporcionar a melhoria do atendimento e que vai agilizar a fila de espera”, frisa.
 
Dona Terezinha da Conceição está esperançosa com a notícia sobre o Hospital do Câncer e disse que o governo acertou em promover a construção da unidade especializada de saúde. “Isso é bom, pois à medida que temos um hospital maior, há espaço para mais pacientes. Além disso vai ter mais médicos e leitos”, acrescenta.
 
O médico hematologista Richer Mota também vê grandes vantagens com a implantação do Hospital do Câncer. “A necessidade aqui se tornou maior por conta da demanda que recebemos de pacientes da Bahia e de Alagoas. Então vai ser bom não só para o Estado como para outras regiões”, relata.
 
O profissional da saúde também destaca que, com a nova e moderna unidade de saúde, vai haver uma equipe multidisciplinar unicamente voltada para o tratamento oncológico, proporcionando o melhor tratamento possível. “Não só com relação aos leitos, mas há vantagens também a respeito dos exames, pois os pacientes do Hospital do Câncer não vão precisar enfrentar filas com pacientes de outros lugares”, alega.
 
Proinveste
 
Ao todo, 29 obras estão sendo contempladas com recursos do Proinveste. Dessas, a urbanização da orlinha do povoado São Braz, a pavimentação do acesso ao povoado Calumbi, e a implantação da rodovia que liga os povoados Santa Cruz ao São Miguel já foram concluídas e inauguradas. Em fase de finalização está o capeamento asfáltico de vias urbanas em Nossa Senhora do Socorro e a terraplanagem do Hospital do Câncer de Sergipe.
 
Já as ações em andamento são: implantação do contorno rodoviário em Itabaianinha e das rodovias que ligam Itabaiana a Itaporanga D’Ajuda e Japoatã a Propriá; recuperação do sistema viário do Centro Administrativo Governador Augusto Franco; desmonte do morro da Piçarreira (obra complementar do aeroporto Santa Maria); urbanização da avenida Euclides Figueiredo e do residencial Santa Tereza e adjacências; drenagem e esgotamento sanitário do corredor viário da avenida Tancredo Campos (no residencial Santa Tereza); mercado de Lagarto; e a contrapartida da construção do Centro Especializado em Reabilitação.
 
Levando em consideração todas as obras, estão sendo investidos no estado de Sergipe cerca de R$ 431 milhões, que vão promover qualidade de vida aos sergipanos. São recursos que vislumbram não só a melhoria de espaços já inseridos na área urbana e rural do estado, como também a implantação de novas obras. Com isso, além do crescimento econômico de Sergipe, haverá valorização da população deste estado que, apesar de pequeno, tem condições de sobra para oferecer condições dignas aos seus moradores.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247