Governo vai construir nova Maternidade

A ordem de serviço para derrubada de uma de um prédio e construção de uma Maternidade de Risco Habitual será dada nesta segunda-feira (27); novo prédio fica ao lado da Maternidade Escola Santa Mônica, em Maceió; demolição está prevista para ser feita em até 60 dias; serão 113 leitos, sendo dez de Unidades de Terapia Intensiva para adultos,  três enfermarias Canguru e 30 clínicas, além de ofertar serviços de nefrologia e atendimento de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI)

A ordem de serviço para derrubada de uma de um prédio e construção de uma Maternidade de Risco Habitual será dada nesta segunda-feira (27); novo prédio fica ao lado da Maternidade Escola Santa Mônica, em Maceió; demolição está prevista para ser feita em até 60 dias; serão 113 leitos, sendo dez de Unidades de Terapia Intensiva para adultos,  três enfermarias Canguru e 30 clínicas, além de ofertar serviços de nefrologia e atendimento de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI)
A ordem de serviço para derrubada de uma de um prédio e construção de uma Maternidade de Risco Habitual será dada nesta segunda-feira (27); novo prédio fica ao lado da Maternidade Escola Santa Mônica, em Maceió; demolição está prevista para ser feita em até 60 dias; serão 113 leitos, sendo dez de Unidades de Terapia Intensiva para adultos,  três enfermarias Canguru e 30 clínicas, além de ofertar serviços de nefrologia e atendimento de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Gabriela Flores/Agência Alagoas - O governador Renan Filho assina a ordem de serviço para o início dos trabalhos de derrubada do prédio que abriga uma antiga retífica, local onde será erguida a nova Maternidade de Risco Habitual. A solenidade de assinatura acontecerá no pátio da retífica, no Poço, ao lado da Nova Santa Mônica, na próxima segunda-feira (27), às 8h30.

O prédio que fica ao lado da Maternidade Escola Santa Mônica, no bairro do Poço, será demolido num prazo máximo de até 60 dias. Em seguida, serão iniciadas as obras do novo complexo de saúde direcionado para atender às gestantes do Estado de Alagoas.

A Maternidade de Risco Habitual terá 113 leitos, sendo dez de Unidades de Terapia Intensiva para adultos, três enfermarias Canguru e 30 clínicas, além de ofertar serviços de nefrologia e atendimento de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI).

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247