Greve acaba na Arena-PE e Odebrecht promete analisar pauta de reivindicações

Empresa responsável pela construção da Arena Pernambuco se comprometeu em analisar a pauta de reivindicação dos trabalhadores; construtora também se comprometeu em não descontar o dia parado; obra será retomada nesta quarta (8)

Greve acaba na Arena-PE e Odebrecht promete analisar pauta de reivindicações
Greve acaba na Arena-PE e Odebrecht promete analisar pauta de reivindicações (Foto: Odebrecht/Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Raphael Coutinho _PE247 – A construtora Odebrecht emitiu uma nota oficial sobre o anúncio de paralisação, nesta terça-feira (7), dos operários que atuam na obra da Arena Pernambuco em São Lourenço da Mata. De acordo com a empresa, as reivindicações dos profissionais serão discutidas em uma convenção entre os sindicatos dos patrões e dos trabalhadores. Ainda de acordo com o documento, o dia paralisado não será descontado e a obra será retomada nesta quarta (8). Confira abaixo o documento na íntegra:

“Em reunião com a direção da obra nesta manhã, os trabalhadores da Arena Pernambuco solicitaram plano de saúde, folga no dia do pagamento e reajuste nas horas-extras. A direção da obra esclareceu que todas essas solicitações precisam ser discutidas na convenção coletiva estadual, num processo que será conduzido pelo Sintepav junto ao representante patronal, o Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada (Sinicon-PE). A Odebrecht Infraestrutura acatará a decisão da convenção.

Ainda pela manhã, atendendo a um pedido dos trabalhadores, a direção da obra concordou em suspender o expediente hoje - terça-feira, 07 de agosto - sem desconto das horas paradas. As atividades serão retomadas normalmente amanhã. A Odebrecht Infraestrutura também vai atender a outro pedido dos trabalhadores, desta vez referente à ampliação dos dias de folga. Hoje, os trabalhadores que moram mais distante têm direito a um dia de folga para visitar suas famílias. Com a mudança, passam a ter direito a três dias.

A Odebrecht Infraestrutura, responsável pela construção da Arena Pernambuco, informa que está mantendo diálogo aberto e constante com o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplanagem no Estado de Pernambuco (Sintepav-PE), que representa os trabalhadores da obra. Pela relação construída com os seus colaboradores e com as entidades que os representam, a Odebrecht acredita na manutenção do sentimento de cooperação e no breve restabelecimento da rotina de trabalhos, sem que haja prejuízos ao andamento da obra.

A empresa já paga aos seus funcionários salários acima do previsto pela convenção estadual trabalhista, salários esses equiparados aos pagos aos trabalhadores do setor em Suape, além de pagar 30 horas mensais do Programa de Incentivo à Produtividade (PIP) e 90 horas semestrais referentes à Participação de Lucros e Resultados (PLR), que juntos somam 270 horas semestrais.

A empresa informa ainda que desde 1º de agosto reajustou os salários dos trabalhadores em 10,5%, conforme acordado com o Sintepav. Desta forma, enquanto o salário estabelecido pela convenção é de R$ 991,85 para um profissional, na Arena Pernambuco a Odebrecht Infraestrutura está pagando R$ 1.106,35. Além disso, oferece benefícios como transporte, alimentação e serviços de saúde, prezando pelo bem-estar do trabalhador.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email