Grupo de Rands investiga uso da máquina na PCR

Denncia realizada pela coluna Folha Poltica, assinada pela jornalista Renata Bezerra de Melo, da Folha de Pernambuco, revela a exonerao de uma diretora de escola do municpio para a nomeao de uma suposta filha de um cabo eleitoral do prefeito Joo da Costa; O detalhe que a substituta trabalhava no local como auxiliar de servios gerais

 Grupo de Rands investiga uso da máquina na PCR
Grupo de Rands investiga uso da máquina na PCR (Foto: Andréa Rêgo Barros/Arquivo e Fernando Silva/Pref. do Recife)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Raphael Coutinho _PE247 – O grupo responsável pela pré-candidatura do deputado federal e secretário Estadual de Governo, Maurício Rands, está apurando uma denúncia veiculada na coluna Folha Política, assinada pela jornalista Renata Bezerra de Melo, da Folha de Pernambuco, desta quarta-feira (18). A publicação aponta para uma suposta substituição na direção de uma creche municipal por motivações eleitorais. O fato estaria ligado às prévias do PT, que ocorrem em 20 de maio. “Caso se confirme a denúncia, houve uma violação às normas do partido”, alertou o coordenador da pré-campanha de Rands, Cláudio Ferreira.

“Ainda estamos apurando este fato e precisamos confirma-lo primeiro. Mas temos conhecimentos de vários casos semelhantes a esse. Caso se confirme, é um fato típico de uso da máquina, demitindo pessoas que declaram apoio a Maurício (Rands)”, avaliou Cláudio.

Segundo a coluna da Folha, a diretora Marlene Soares Custódia foi exonerada para dar lugar a alguém que atuaria como “cabo eleitoral” do prefeito João da Costa. Para a vaga, o gestor nomeou Ana Paula do Carmo de Santana, que trabalhava como auxiliar de serviços gerais por uma empresa prestadora de serviços. O fato foi publicado no Diário Oficial da última segunda-feira (16).

Através de uma nota, a Prefeitura do Recife informou apenas que, depois da implantação do Programa Primeira Infância, tem realizado uma série de ações de estruturação da Educação Infantil no Município, entre elas, a organização do quadro de funcionários. “Segundo a Política da Rede, é recomendado que os coordenadores dessas unidades tenham formação superior em Pedagogia e experiência comprovada com Educação Infantil”, diz o documento.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email