Guimarães: ‘Estamos muito perto de vencer a crise’

O resultado do leilão de 29 usinas hidrelétricas realizado na última quarta-feira (25) foi comemorado pelo líder do Governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE). Para o parlamentar, é uma mostra da confiança dos empresários no País e um sinal de que a crise econômica está perto de ser superada

O resultado do leilão de 29 usinas hidrelétricas realizado na última quarta-feira (25) foi comemorado pelo líder do Governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE). Para o parlamentar, é uma mostra da confiança dos empresários no País e um sinal de que a crise econômica está perto de ser superada
O resultado do leilão de 29 usinas hidrelétricas realizado na última quarta-feira (25) foi comemorado pelo líder do Governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE). Para o parlamentar, é uma mostra da confiança dos empresários no País e um sinal de que a crise econômica está perto de ser superada (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará247 - O líder do Governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), avaliou o leilão no qual foram arrematadas 29 usinas hidrelétricas, realizado na última quarta (25), como uma grande vitória e sinalizou que o País está voltando ao rumo certo. “É mais uma ação do Governo dentro do esforço fiscal e econômico. E a nossa perspectiva é muito boa, estamos muito perto de vencer a crise”, disse.

Para o parlamentar, o saldo positivo mostra também a confiança dos empresários na tradição do Brasil em cumprir contratos. “Os resultados, o aporte de R$ 17 bilhões mostraram que o setor elétrico é seguro para receber investimentos”, afirmou.

Lotes arrematados

Os dois principais empreendimentos de geração foram adquiridos pelos donos da China Three Gorges (CTG). A companhia arrematou as concessões de Ilha Solteira (3.444 megawatts de potência) e Jupiá (1.551 MW). Somente as negociações das duas hidrelétricas renderam R$ 13,8 bilhões em arrecadação ao governo com a cobrança do bônus pela outorga.

O lote B foi arrematado pelas empresas Copel (sublote B1) e pela Enel (sublote B2), com deságio médio de 0,3%. O vencedor do lote D foi a Cemig, com deságio de 1%. Já o lote C foi arrematado pela Celesc, com deságio de 5,21%. Por fim, o lote A foi vencido pela Celg, com deságio de 13,58%, após disputa viva voz.

As usinas hidrelétricas licitadas deverão destinar 70% de sua garantia física ao mercado regulado, podendo o restante ser livremente negociado pelos vencedores a partir de 2017. No ano de 2016, 100% da energia será destinada ao mercado regulado. As concessões serão outorgadas pelo prazo de trinta anos contados da data de assinatura do Contrato de Concessão ou do término do contrato vigente, o que vier a ocorrer por último.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247