Haddad descarta plano de Kassab para a Luz

Prefeito considera projeto de revitalização, que inclui a cracolândia, inviável economicamente e sugere parcerias público-privadas para a construção de edifícios com rateio de custos com o governo federal

Haddad descarta plano de Kassab para a Luz
Haddad descarta plano de Kassab para a Luz (Foto: MARCELLO_CASALJR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP247 – Assim como prometeu durante a campanha, o prefeito Fernando Haddad vai rever o projeto Nova Luz elaborado pela gestão Gilberto Kassab (PSD), que prevê a revitalização da cracolândia. O petista decidiu buscar outra opção por considerar inviável economicamente pela nova gestão.

O custo era estimado em R$ 4 bilhões, entre desapropriações e obras de prédios e áreas públicas. A gestão de Kassab desembolsou R$ 14,6 milhões apenas para desenvolver o plano.

A alternativa proposta por Haddad são parcerias público-privadas para a construção de edifícios com comércio e moradias populares. O programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, financia a construção e a empresa compra o terreno, constrói e explora as áreas comerciais.

O Projeto Nova Luz prevê a requalificação de 45 quadras e duas praças da região, localizada no centro da capital paulista. Entre os objetivos, estava a ampliação em 65% do potencial construtivo da região, agregando cerca de 1 milhão de novas construções e viabilizando o aumento do potencial comercial e de serviços da região em cerca de 370 mil metros quadrados.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247