Haddad lança pacote contra enchentes

Em primeira reunião a frente da prefeitura de São Paulo, petista firma contrato de R$ 400 mil com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) da USP para o monitoramento diário de áreas de risco e anuncia reestruturação da Defesa Civil para enfrentar a temporada dos alagamentos

Haddad lança pacote contra enchentes
Haddad lança pacote contra enchentes
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, elegeu como uma das prioridades desse início de gestão o combate às enchentes na capital e anunciou 16 medidas emergenciais para evitar problemas em decorrência das chuvas.

Será firmado um contrato com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) da USP para o monitoramento diário de áreas de risco na época de chuvas.

A parceria é discutida na Prefeitura há mais de um ano e o valor do monitoramento seria R$ 400 mil. O IPT foi o órgão responsável por fazer um estudo sobre as áreas de risco da capital durante a gestão Gilberto Kassab (PSD).

Segundo Haddad, existem quatro níveis de risco: R1, R2, R3 e R4, sendo o último o mais alto. Atualmente, 28 áreas têm nível R4 e, somadas às áreas de nível R3, seriam cerca de cem as mais delicadas que teriam acompanhamento do IPT. No total, a cidade tem 417 áreas de risco, e as demais seriam monitoradas pelas subprefeituras e por cidadãos treinados pela Defesa Civil para observar sinais de potenciais deslizamentos e outros problemas, e alertar a prefeitura sobre eles.

PUBLICIDADE

O petista anunciou também uma reestruturação da Defesa Civil. Em algumas subprefeituras esse órgão conta com apenas um profissional e o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), que até agora estava alocado na Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb), vai ser realocado na Defesa Civil.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email