Haddad sobre Bolsonaro no Roda Viva: ‘é próprio do fascismo matar o cristianismo falando de Cristo’

O ex-ministro Fernando Haddad não poupou palavras no programa Roda Viva da TV Cultura para se referir a Bolsonaro. Ele disse: “tem método muito parecido com a comunicação de massa do fascismo, por exemplo, o uso da religião. Muito difícil imaginar que o Bolsonaro tenha compreendido a essência do cristianismo, aliás, é próprio do fascismo matar o cristianismo falando de Cristo”

Haddad no Roda Viva
Haddad no Roda Viva (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad afirmou que Bolsonaro se utiliza de métodos fascistas em seu governo. Ele disse: “a maneira como ele usa a comunicação: a fake news não é um expediente do Bolsonaro, é uma prática. Hoje aparece uma foto dele falando que está tomando a cloroquina porque está com febre, ou seja, ele é uma pessoa que joga no obscurantismo."

Haddad também falou sobre as ações do governo contra (ou a favor) da covid-19: “agora, essas coisas das máscaras. Eu não sei se é sadismo, falta de empatia, uma demonstração tola de autoridade, não sei o que se passa na cabeça de uma pessoa tão desequilibrada quanto Bolsonaro. Olha o que estamos vivendo!"

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email