Hoje é dia de definição no futebol feminino em Londres

Brasil e Grã-Bretanha se enfrentam da disputa pela liderança do Grupo E

Hoje é dia de definição no futebol feminino em Londres
Hoje é dia de definição no futebol feminino em Londres (Foto: FRANCOIS LENOIR/Reuters)

FIFA 

- Terça-feira é dia de definição no Torneio Olímpico de Futebol Feminino, em que, matematicamente, cada uma das 12 equipes ainda tem chances de se classificar às quartas de final. Serão três pares de jogos simultâneos que traçarão o caminho até a medalha de ouro em Londres 2012. Veja o que esperar da rodada decisiva de 31 de julho:

O jogo do dia
Grã-Bretanha x Brasil, Londres, 19h45 (horário local)

Não bastasse ser a decisão da liderança do Grupo E e um encontro entre duas seleções fortes, candidatas a medalha, o confronto entre Grã-Bretanha e Brasil tem uma outra enorme razão para chamar a atenção. Para, de fato, ser histórico, independentemente do resultado: será a primeira vez que o lendário templo de Wembley, em Londres, abrigará uma partida de futebol feminino.

Os outros jogos

Com as campeãs mundiais japonesas como favoritas absolutas diante da África do Sul em Cardiff, o duelo entre Canadá e Suécia – duas equipes fortes, que deram trabalho ao Japão – deve ser determinante para ver quem fica entre as duas primeiras colocadas, que se classificam diretamente para as quartas. As duas melhores terceiras colocadas também garantem vaga, o que explica o fato de todos entrarem na rodada com chances.

Pelo Grupo G, já classificadas depois de duas vitórias imponentes, as americanas cogitam até poupar um pouco da energia de gente como Abby Wambach e Megan Rapinoe diante da Coreia do Norte – que ainda tenta se recuperar do sopapo de 5 a 0 sofrido diante da França. Às francesas comandadas por Bruno Bini, por sua vez, basta vencer a Colômbia, equipe que ainda não balançou a rede nas duas primeiras rodadas – mesma condição de Nova Zelândia e Camarões, que se enfrentam em Coventry.

NIGEL RODDIS/Reuters

NIGEL RODDIS/Reuters

Fique de olho

Quatro anos atrás, em Pequim 2008, a última rodada da fase de grupos colocou frente a frente exatamente canadenses e suecas. Na ocasião, Lotta Schelin marcou os dois gols da vitória da Suécia por 2 a 1, que acabou deixando o Canadá com um confronto indigesto nas quartas: os Estados Unidos, que acabariam se sagrando campeões. Terá servido de lição?

O número

0 — Tanto britânicas quanto brasileiras chegam à última rodada da fase de grupos não apenas classificadas, invictas e com 100% de aproveitamento, mas com as metas das goleiras Karen Bardsley e Andreia ainda imbatíveis: são as duas únicas seleções que não sofreram gol até aqui.

O que elas disseram

"O bom é que agora temos o destino em nossas mãos: se vencermos, garantimos o segundo lugar. É uma boa situação para se estar, num grupo tão difícil."

Sonia Bompastor, da França

Programação

Japão x África do Sul (Cardiff, 14h30)
Canadá x Suécia (Newcastle, 14h30)
EUA x Coreia do Norte (Manchester, 17h15)
França x Colômbia (Newcastle, 17h15)
Nova Zelândia x Camarões (Coventry, 19h45)
Grã-Bretanha x Brasil (Londres, 19h45)

Todos os horários informados estão no fuso local.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247