Hotel de Youssef é pichado e saqueado na Bahia

O hotel que o doleiro Alberto Youssef construiu na Bahia foi invadido, saqueado e pichado nesta quinta (26) em Porto Seguro (BA) por um grupo de vândalos; ninguém foi preso e não se sabe quantas pessoas estiveram na ação; a Polícia Federal de Porto Seguro confirmou o ato de vandalismo, sem dar mais detalhes; "Petrobras é do povo", "Quem rouba de ladrão tem cem anos de perdão" e "O Hotel é do povo" foram algumas frases deixadas no local

O hotel que o doleiro Alberto Youssef construiu na Bahia foi invadido, saqueado e pichado nesta quinta (26) em Porto Seguro (BA) por um grupo de vândalos; ninguém foi preso e não se sabe quantas pessoas estiveram na ação; a Polícia Federal de Porto Seguro confirmou o ato de vandalismo, sem dar mais detalhes; "Petrobras é do povo", "Quem rouba de ladrão tem cem anos de perdão" e "O Hotel é do povo" foram algumas frases deixadas no local
O hotel que o doleiro Alberto Youssef construiu na Bahia foi invadido, saqueado e pichado nesta quinta (26) em Porto Seguro (BA) por um grupo de vândalos; ninguém foi preso e não se sabe quantas pessoas estiveram na ação; a Polícia Federal de Porto Seguro confirmou o ato de vandalismo, sem dar mais detalhes; "Petrobras é do povo", "Quem rouba de ladrão tem cem anos de perdão" e "O Hotel é do povo" foram algumas frases deixadas no local (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O hotel que o doleiro Alberto Youssef construiu na Bahia foi invadido, saqueado e pichado nesta quinta-feira (26) em Porto Seguro (BA) por um grupo de vândalos. Ninguém foi preso e não se sabe quantas pessoas estiveram na ação. A Polícia Federal de Porto Seguro confirmou o ato de vandalismo, sem dar mais detalhes.

"Petrobras é do povo", "Quem rouba de ladrão tem cem anos de perdão" e "O Hotel é do povo" foram algumas frases deixadas no local, que está sem funcionar há cerca de dois anos. A polícia informou ainda que o grupo saqueou alguns dos materiais de construção, sem especificar quais seriam.

Batizado de "Príncipe da Enseada" e integrante da rede Web Hoteis, o estabelecimento está em poder da Justiça Federal desde janeiro deste ano, quando o doleiro Alberto Youssef abriu mão de imóveis e outros bens que possui no Brasil, após um acordo.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email