Imposição judicial leva casal Cachoeira a lua de mel em chácara

Nada de Paris ou Nova York; período idílico do contraventor Carlinhos e sua muher Andressa será em Goiânia mesmo, numa chácara dentro dos limites da cidades; lua de mel vai durar cinco dias; marido não pode deixar a cidade sem autorização da Justiça; noivos não divulgaram se casaram em regime de comunhão ou separação de bens

www.brasil247.com - Imposição judicial leva casal Cachoeira a lua de mel em chácara
Imposição judicial leva casal Cachoeira a lua de mel em chácara (Foto: Edição 247/Divulgação)


Goiás 247_ Carlinhos Cachoeira e Andressa Mendonça vão passar a lua de mel de cinco dias numa chácara próxima a Goiânia. Tudo porque o contraventor precisa de autorização da Justiça para deixar a Capital. 

No dia 7 de dezembro, Cachoeira voltou a ser preso. O juiz Alderico Rocha Santos, da 11ª Vara Federal de Goiás, condenou o bicheiro a 39 anos, 8 meses e 10 dias de reclusão por diversos crimes relativos à Operação Monte Carlo e determinou sua prisão preventiva.

A defesa recorreu e, quatro dias depois, o juiz federal Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) concedeu novo habeas-corpus e Cachoeira foi libertado.

O casamento

Beijos nos pés da noiva calçados com sapatos Christian Louboutin. Foi assim que Carlinhos Cachoeira demonstrou todo seu amor por Andressa Mendonça. O ato de amor, que depois seria repetido na frente de jornalistas e fotógrafos, encerrou a cerimônia do casamento civil e religioso do casal no final da noite de sexta-feira (29). O evento aconteceu na residência do casal localizada na rua Lúpus do condomínio de luxo Alphaville – Residencial Cruzeiro do Sul, em Goiânia.

A cerimônia foi íntima e contou com a presença só de amigos e pessoas bem próximas ao casal. Cerca de 50 convidados presenciaram a união matrimonial. O espaço foi decorado de rosas brancas e também havia uma pianista clássica que embalou o momento de amor de Cachoeira e Andressa.

O regimento civil durou 15 minutos e em seguida teve início a cerimônia religiosa que foi conduzida pelo pastor Vitor Hugo, da Igreja Videira, de Anápolis. O ápice da celebração aconteceu quando o pastor pediu que o noivo fizesse uma declaração de amor para Andressa.

No melhor estilo Don Juan, Cachoeira disse que era um homem de atitude e não iria falar nada, mas sim demonstrar todo seu amor. Foi então que ajoelhou e beijou os dois pés de sua amada, que estava com um vestido de renda, modelo curto, da estilista Letícia Bronstein.

Entrevista

Se o casamento foi reservado e para poucos convidados que foram convocados por telefone, Andressa e Cachoeira não perderam a oportunidade de aparecer. Depois do casamento o casal foi até a entrada do condomínio onde estava a imprensa.

"É uma felicidade eu estar aqui com a Andressa. É uma paixão. Eu descobri a força que essa mulher tem. E estou cumprindo tudo, né?", disse Cachoeira. O contraventor havia feito a promessa de se casar ainda este ano.

"Meu coração pulou fora. Esse foi o pior ano da minha vida, mas também o melhor por ter casado com ela". O casal revelou aos jornalistas que a lua de mel durará cinco dias em uma chácara perto de Goiânia. Cachoeira não pode deixar a cidade sem autorização da Justiça.

Como começou

Cachoeira e Andressa se conheceram em 2009, durante jantar na casa dela e do então marido, o hoje senador Wilder Morais (DEM-GO). Áudios da Operação Monte Carlo revelam que o relacionamento começou enquanto ela ainda era casada.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247