CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Imprensa italiana entoa coro de ‘fora, Massa’

Autosprint diz que GP da Malsia fez de piloto brasileiro o derrotado; mexicano Sergio Prez o substituto; La Stampa acredita que h algo de errado em Felipe; presso por troca de segundo piloto na Ferrari j nas prximas corridas

Imprensa italiana entoa coro de ‘fora, Massa’ (Foto: Nacho Doce/ REUTERS)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O amor entre a influente imprensa italiana e o piloto brasileiro Felipe Massa, titular da Ferrari desde 2006, sempre foi pouco, mas agora se acabou de vez. Nas reportagens sobre a vitória do ferrarista Fernando Alonso, neste final de semana, no GP da Malásia, a revista Autosprint e o periódico La Stampa foram unânimes em crucificar Massa e, na prática, pedir sua demissão da equipe.

“Nem mesmo os escritores mais hábeis poderiam ter imaginado uma trama tão espetacular, que teve três atores principais envolvidos diretamente: Alonso, Massa e Pérez. O campeão, o derrotado e o substituto”, descreveu a venenosa Autosprint. “Há algo de errado com Massa”,cravou o La Stampa, atacando o fato de o piloto brasileiro ter responsabilizado o chassis do novo carro da Ferrari como responsável por seu mau desempenho na primeira prova do Campeonato Mundial de Pilotos, na Austrália. “Ele pediu para mudar o chassi e reconstruíram um carro novo, porque ele acreditava que seu carro tivesse um defeito estrutural. A contraprova mostrou que o problema de Massa está no piloto, e não na máquina”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Dentro da equipe, Massa ainda encontra no chefe Stefano Domenicali um defensor, mas, ainda assim, cheio de questionamentos sobre a performance do brasileiro neste ano. “Precisamos ficar perto do Felipe neste momento. É uma situação difícil e precisamos encontrar uma maneira de deixá-lo confiante no carro”, afirmou. Com um espetacular segundo lugar no circuito de Sepang, a pouco mais de dois segundos de Alonso, o mexicano Sérgio Perez, da Sauber, viu suas ações subirem de cotação para substituir Massa no cockpit da Ferrari já nas próximas corridas. “Indicamos o nome de Sergio Pérez como um possível substituto por muitas razões: é jovem, motivado e, por ter metade de seu contrato com a Ferrari, não existem pesadas sanções em uma possível troca Sauber-Ferrari. O mexicano se mostrou a revelação do GP da Malásia”, sublinhou a Autosprint.

 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO