Indústria de PE cresce abaixo da média nacional

A produção industrial de Pernambuco ficou abaixo da média nacional, entre dezembro de 2013 e janeiro de 2014. O Estado teve um aumento de 2,8% na fabricação, enquanto a média do Brasil foi ligeiramente mais elevada, chegando a 2,9%, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (14)

A produção industrial de Pernambuco ficou abaixo da média nacional, entre dezembro de 2013 e janeiro de 2014. O Estado teve um aumento de 2,8% na fabricação, enquanto a média do Brasil foi ligeiramente mais elevada, chegando a 2,9%, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (14)
A produção industrial de Pernambuco ficou abaixo da média nacional, entre dezembro de 2013 e janeiro de 2014. O Estado teve um aumento de 2,8% na fabricação, enquanto a média do Brasil foi ligeiramente mais elevada, chegando a 2,9%, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (14) (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - A produção industrial de Pernambuco ficou abaixo da média nacional, entre dezembro de 2013 e janeiro de 2014. O Estado teve um aumento de 2,8% na fabricação, enquanto a média do Brasil foi ligeiramente mais elevada, chegando a 2,9%, segundo dados da da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (14).

Além de Pernambuco, outros cinco estados cresceram abaixo da média nacional: Rio de Janeiro (2,6%), Bahia (2,5%), Amazonas (2,5%), Espírito Santo (2,3%) e Santa Catarina (0,9%). Os maiores aumentos na produtividade foram observados em Minas Gerais (7%), no Ceará (5,4%), em São Paulo (3,5%) e na Região Nordeste (3,4%). Quatro outros estados registraram queda na produção. Foram eles Goiás (-8,9%), Paraná (-4,6%), Pará (1,6%) e Rio Grande do Sul (-0,5%).

Se comparados janeiro de 2014 com janeiro de 2013, houve queda na produção industrial de oito das 14 localidades pesquisadas. O Paraná foi o Estado que registrou o maior declínio (-11,2%), e Pernambuco, o que mais teve crescimento na produção, com 9,2%. No acumulado dos 12 meses, nove dos 14 Estados registraram crescimento na produção, destacando-se o Rio Grande do Sul (6,8%) e Goiás (5,4%). Dos Estados que registraram queda, o destaque foi para o Pará, com -5,1%.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email