Inflação fecha 2016 em 6,29%, no limite da meta do governo

Inflação oficial do Brasil, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) fechou o exercício de 2016 em 6,29%, dentro do limite máximo da meta do governo; centro da meta previa uma alta inflacionária de 4,5%, com tolerância de dois pontos percentuais para mais ou para menos

Na foto Geral no Local.
Materia sobre Preço do Tomate.
Editoria de Economia.
Local: Supermercado Leve St Universitario.
05/11/2013
Foto: Danilo Bueno
Na foto Geral no Local. Materia sobre Preço do Tomate. Editoria de Economia. Local: Supermercado Leve St Universitario. 05/11/2013 Foto: Danilo Bueno (Foto: Paulo Emílio)

247 - A Inflação oficial do Brasil, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) fechou o exercício de 2016 em 6,29%, dentro do limite máximo da meta do governo.

O centro da meta estabelecido pelo governo era de uma alta inflacionária de 4,5%, com tolerância de dois pontos percentuais para mais ou para menos. No ano anterior, a inflação chegou a 10,67%, a maior desde 2002.

Em dezembro, a alta inflacionária subir em relação a novembro (0,18%) e chegou a 0,3%.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247