Iran cobra reajuste dos servidores de Aracaju

"As várias categorias que já se manifestaram estão reivindicando que a administração municipal aponte alternativas para a solução dos problemas, que passam, em sua maior parte, pela questão salarial, além das necessárias condições de trabalho, que não estão sendo garantidas. Mas até o momento não temos nenhuma manifestação do chefe do Executivo Municipal", afirmou o vereador

"As várias categorias que já se manifestaram estão reivindicando que a administração municipal aponte alternativas para a solução dos problemas, que passam, em sua maior parte, pela questão salarial, além das necessárias condições de trabalho, que não estão sendo garantidas. Mas até o momento não temos nenhuma manifestação do chefe do Executivo Municipal", afirmou o vereador
"As várias categorias que já se manifestaram estão reivindicando que a administração municipal aponte alternativas para a solução dos problemas, que passam, em sua maior parte, pela questão salarial, além das necessárias condições de trabalho, que não estão sendo garantidas. Mas até o momento não temos nenhuma manifestação do chefe do Executivo Municipal", afirmou o vereador (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 - O vereador Iran Barbosa, do PT, cobrou, nesta quarta-feira (12), que a prefeitura de Aracaju se pronuncie sobre a revisão salarial anual dos servidores municipais. "As várias categorias que já se manifestaram estão reivindicando que a administração municipal aponte alternativas para a solução dos problemas, que passam, em sua maior parte, pela questão salarial, além das necessárias condições de trabalho, que não estão sendo garantidas. Mas até o momento não temos nenhuma manifestação do chefe do Executivo Municipal", disse.

Ele lembrou, ainda, que no ano de 2013, o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), adiou o anúncio do reajuste salarial dos servidores do município e do pagamento desse reajuste para o mês de maio, ignorando a data-base da categoria. "E, parece-nos que a lógica do prefeito virou lei. Mas a data-base dos servidores é janeiro e é necessário que este debate seja feito nesta Casa, porque ele está sendo feito lá fora, pelos servidores, que se mobilizam e estão cobrando negociação. Não dá para esta Casa silenciar diante deste cenário", afirmou.

O vereador também cobrou o cumprimento da lei do piso salarial dos professores, que define que o reajuste da categoria deve se dar em janeiro. "Já estamos em março, e não tem posição oficial sobre o reajuste do piso salarial do magistério. É preciso que Aracaju instale com urgência a negociação com os seus professores e demais servidores municipais, porque senão, seremos surpreendidos, como fomos no ano passado, com um projeto de lei que chega mal feito, sem tabela salarial, e não podemos repetir esse modelo", disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email