Iris Rezende continua sem um líder na Câmara

Após 108 dias de governo, o prefeito Iris Rezende (PMDB) continua sem escolher um líder na Câmara Municipal. Vereadores, até mesmo os da base do prefeito, reclamam que a demora de Iris em escolher um líder revela certo desprezo pelo Legislativo; “Os trabalhos têm sido desenvolvidos da melhor maneira possível, independente da liderança, e a Câmara tem desempenhado o papel dela de respeito em relação ao Executivo, mas uma liderança poderia facilitar esse contato”, afirmou o presidente da Câmara, Andrey Azeredo, em entrevista nesta terça-feira

iris
iris (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Após 108 dias de governo, o prefeito Iris Rezende (PMDB) continua sem escolher um líder na Câmara Municipal. Vereadores, até mesmo os da base do prefeito, reclamam que a demora de Iris em escolher um líder revela certo desprezo pelo Legislativo.

“Os trabalhos têm sido desenvolvidos da melhor maneira possível, independente da liderança, e a Câmara tem desempenhado o papel dela de respeito em relação ao Executivo, mas uma liderança poderia facilitar esse contato”, afirmou o presidente da Câmara, Andrey Azeredo, em entrevista nesta terça-feira.

Vereadores reclamam constantemente do modo como Iris (não) interage com a Câmara. Os secretários municipais também costumam ser alvos de reclamações. Vereadores argumentam que alguns são resistentes ao diálogo, principalmente a secretária de Saúde, Fátima Mrué.

A base se Iris hoje está fragilizada e tem apenas seis vereadores. Até mesmo os mais moderados são críticos frequentes da gestão irista.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247