J&F entra na briga pelo controle do banco BVA

Joesley Batista, sócio, e Henrique Meirelles, presidente do Conselho Consultivo, fizeram uma visita aos interventores do Banco Central na sede do BVA; intenção é incorporar operações do banco ao Original, instituição financeira da holding J&F; empresário Caoa, que tem R$ 700 milhões investidos no BVA, também quer resgatar a impedir a liquidação

J&F entra na briga pelo controle do banco BVA
J&F entra na briga pelo controle do banco BVA
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás247_ O goiano Joesley Batista dá um passo ousado para agregar à sua carteira de negócios uma nova opção no mercado financeiro. Acompanhado do ex-presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, o sócio controlador da holding J&F, que entre outros negócios controla o grupo frigorífico JBS, visitou os técnicos do BC na sede do BVA, banco que está sob intervenção da autoridade monetária faz três meses.

Segundo a Veja On Line, a estratégia de Joesley e Meirelles (este último presidente do Conselho Consultivo da holding) é formular uma estratégia de crescimento para o Original, banco pertencente ao conglomerado, que preveria então a incorporação das operações do BVA.

A dupla reuniu-se ainda com integrantes do Fundo Garantidor de Créditos, que media a transação com os credores, que resistem em alongar os prazos das dividas do BVA. Essa é uma medida sem a qual o banco tende a ser liquidado.

Os goinos da J&F não são os únicos interessados no salvamento do BVA. O empresário Carlos Alberto Oliveira Andrade, o Caoa, já iniciou as tratativas com o governo federal para assumir o controle da instituição financeira. Caoa tem uma participação de R$ 700 milhões no BVA, e pode ver a montanha de dinheiro escorrer pelo ralo caso seja decretada a liquidação do banco.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email