Jac Motors deve voltar a ser implantada no estado

Montadora chinesa vai se beneficiar com validação da Medida Provisória que institui Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores; Senado aprovou Medida Provisória nesta terça-feira (7); Jac deverá investir R$ 900 milhões na Bahia

Jac Motors deve voltar a ser implantada no estado
Jac Motors deve voltar a ser implantada no estado (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

Com a aprovação pelo Senado na noite desta terça-feira (7) do Projeto de Lei de Conversão (PLV) 18/2012, decorrente da Medida Provisória 563/2012, que permite a redução da alíquota de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para empresas automobilísticas importadoras, o projeto de instalação da JAC Motors, no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, deve ser retomado. A empresa vai se beneficiar com a validação da MP, que institui o Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores.

Vale lembrar que a montadora chinesa anunciou no último dia 30 de julho, a suspensão do início da construção da unidade em Camaçari. A reivindicação da companhia seria a de que os carros importados da China teriam que contar com a mesma taxação de IPI dos nacionais, já que está em processo de implantação de uma fábrica no Brasil. Os veículos da JAC Motors pagam IPI de 36,5%, enquanto os populares nacionais pagam apenas 6,5%.

A montadora chinesa chegou a anunciar, no último dia 30 de julho, a suspensão do início da construção da unidade no Polo Industrial na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A reivindicação da companhia seria a de que os carros importados da China teriam que contar com a mesma taxação de IPI dos nacionais, já que está em processo de implantação de uma fábrica no Brasil. Os veículos da JAC Motors pagam IPI de 36,5%, enquanto os populares nacionais pagam apenas 6,5%.

Futuro

Com a publicação da PLV, a empresa se enquadra no novo regime automotivo e continuará a pagar IPI com aumento de 30 pontos porcentuais, mas o valor gerará um crédito tributário para ser utilizado após o início da produção no estado. Inicialmente, todas as indústrias que investirem em unidades no país também poderão se valer de uma cota de importações de peças e insumos durante o período de transição, até atingir os três anos de atividades, quando terão que se adequar às mesmas regras vigentes para as concorrentes que produzem

A companhia chinesa deverá investir R$ 900 milhões em seu centro de produção na Bahia. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email